Conta de eletricidade, gás, internet e taxa do lixo

/

Eu moro numa casa "nova" aqui na Irlanda, ou seja, basicamente nos mudamos todos na mesma semana e ninguém morava aqui antes. 

Por causa disso, o casal que alugou a casa aqui teve que resolver algumas coisas, como passar a conta de eletricidade e gás pro nome deles, além de contratar um serviço de internet e de retirada de lixo também.

A landlady, dona da casa, foi bem legal e passou o nome do meu flatmate pra conta de gás e eletricidade (fornecidos pela mesma empresa), mas teríamos que ligar pra resolver uma pendência: forma de pagamento. Como seria uma conta nova, há duas opções: pagar um depósito de 200 euros (devolvidos quando você muda o dono da conta novamente) ou mudar pra débito automático e não pagar depósito nenhum - a opção escolhida aqui. 

E quem fez essa ligação? 


Eu. 

Tipo assim: falar inglês com um irlandês pessoalmente é fácil. Quero ver falar ao telefone! Que tenso, cara. Depois de vários "sorry?" da minha parte e "wait a little longer, bear with me a little" da atendente, mudamos a forma de pagamento. YES!

Mas aí faltou a de gás. 

Ligamos de novo e o atendente disse que precisaríamos do número do GNRI e da leitura do meter (não lembro em português... acho que é o medidor de energia). Oi? Juro que pude até sentir um tom de risadinha na voz dele quando claramente não entendi do que esses termos se tratavam direito.

Fiquei meio cansada desse monte de ligação e o Carlos, meu flatmate, resolveu a parada! Ligou no número que eles forneceram, pegou o tal do número que pediram, ligou na empresa do gás e colocou pra débito direto também!

As duas contas tem um valor pré-estabelecido de acordo com a conta dos inquilinos anteriores - no caso, nossa conta de eletricidade será 67 euros mensais (mas a conta só vem a cada dois meses) e a de gás, 75. Se a gente usar muito mais ou muito menos do que as pessoas que moravam antes aqui, eles alteram esse valor pra ficar de acordo! Ou seja, a cada dois meses teremos uma conta no valor aproximado de 145 euros. Dividido por 5 pessoas, 72. Tá bom, né?

Tanto o plano de internet quanto o do lixo foram resolvidos pelos sites das empresas. A internet é da UPC - você faz o cadastro do plano que vai querer no site e eles vem instalar o modem. A instalação custa 45 euros e o plano aqui é de 100mb e custa 50 euros mensais. Já o lixo funciona assim: você paga uma taxa anual de 99 euros e eles vem trazer umas "latas de lixo" (não são latas, porque são de plástico) pra você ir separando o lixo em: lixo geral, reciclável e orgânico. Mandam também um esquema de datas, pois eles recolhem um tipo de lixo específico a cada dia. Exemplo:

Só risquei o endereço porque tô na internet, né?

A água não é paga aqui na Irlanda, mas já estão implantando sistema pra ela ser cobrada a partir do segundo semestre de 2013 ou começo de 2014. Vale lembrar que a água da torneira é potável, então a gente não só usa essa água pra cozinhar, como bebe ela normalmente - quando bebe, porque esse frio tira toda a vontade do ser humano de beber água. Não me conformo com isso, pois bebia várias garrafinhas por dia em São Paulo...
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top