Show do Travis em Dublin

/

Quando eu estava trabalhando como coordenadora no verão ano passado, sempre deixava o rádio ligado ao lado. No meu dia-a-dia estou sempre ouvindo música, e trabalhando sozinha num escritório por horas, não tinha como ficar sem o rádio do lado. Eu assino Spotify, mas às vezes sinto falta de uma coisa mais aleatória, e o rádio funciona perfeitamente nessas situações.

Aí um dia, em meados de junho de 2018, eu escutei que a banda Travis ia fazer uma turnê de aniversário do álbum The Man Who, lançado em 1999. Pra quem não conhece por nome especificamente, basta dizer que esse é o álbum de onde saíram hits como "Why does it always rain on me", "Driftwood", "Writing to reach you", etc. Confesso que não sou super fã da banda, mas achei que ir pra um show comemorativo seria legal - afinal de contas, já que aqui na Irlanda tenho a oportunidade de ir em shows que não teria a chance no Brasil, por que não ir?

Comprei os ingressos e o R. ficou bem feliz, nós dois gostamos da banda e até cheguei a gravar um CD com músicas do Travis pra ele ir ouvindo no carro uns anos atrás.



Verona entre amigos

/

A Itália é um país super interessante geograficamente e culturalmente falando, e eu tenho muita vontade de sair explorando mais do país em formato de bota - principalmente pra praticar o meu italiano, que tá indo bem, obrigada!

Mas a verdade é que apesar de querer voltar à outras cidades italianas, ainda não bateu aquela vontade de separar uns dias de férias pra isso, porque tem tantos países novos que ainda quero conhecer... sei que não é uma competição muito menos corrida contra o tempo, mas a vida é curta, e se eu tenho a chance de ir pra um país novo, eu vou!

No entanto, a oportunidade de conhecer Verona foi totalmente irrecusável por motivos de: amiga linda morando lá! A Amanda, que morava na Alemanha (e encontrei em Munique) se mudou recentemente pra Itália pra ficar de vez. Além disso, ela ganhou bebê ano retrasado e nós não tínhamos conseguido visitá-las até então. A última vez que nos vimos foi em junho de 2017, na Bélgica, quando ela tava grávida da pequena O.



Oi, Fevereiro, chega mais!

/

Fevereiro chegou, e mal vi janeiro passar! Sempre acho o primeiro semestre do ano mais arrastado, mas caramba, essas semanas voaram. Também, não é pra menos: mudamos de casa, pra nossa casa, e tem sido uma onda de coisas pra fazer, resolver, comprar, arrumar... parece que ainda não caiu a ficha. É obviamente uma mudança muito grande, e conforme cuidávamos de tudo isso, o tempo foi passando e fevereiro chegou.

E como anda a vida nesse momento?

Bem, se você chegou aqui porque gosta de ler sobre a Irlanda e/ou viagens, sinto lhe informar, mas essa que vos escreve anda bem sem graça nesse aspecto. Há muito tempo não visito nenhum lugar novo por aqui e viagem mesmo, só em abril, quando formos ao Brasil. No entanto, ainda quero falar sobre a viagem que fizemos à Verona no ano passado, além de Estocolmo e também um pouco mais sobre a Ásia - falta o post sobre o Camboja y otras cositas más.

A vida vai muito bem, obrigada. Finalmente nossa casa está ficando com cara de casa habitada por gente, já temos cortinas, espelhos, e até mesmo um escritório. Confesso que esse é um sonho de princesa difícil de acreditar que foi realizado, visto que antes mal tínhamos uma mesa na outra casa. Só de ter uma mesa, um espaço pra preparar aula, escrever esse post, guardar pastas e documentos, tem sido maravilhoso!



Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top