Queda d'água

/

Sempre gostei muito da simplicidade da língua inglesa - seja na falta de gênero dos substantivos ou da não conjugação de verbos na mesma quantidade do que em outras várias línguas, o fato é que além de ter um amplo e rico vocabulário, o inglês tem umas sacadas bem interessantes. Veja a palavra cachoeira, por exemplo. Tentei pesquisar a origem dela na língua portuguesa e o que encontrei foi que o termo talvez tenha sido derivado do latim coctionis, “fervura”. Acho isso esquisito. Mas a questão não é essa: a questão é que em inglês, cachoeira é waterfall - queda d'água - não é muito mais simples e bonito (nesse caso específico)?

Não vamos nem comparar cachoeiras brasileiras com cachoeiras irlandesas - apesar de haver muita água por aqui, elas não tem a beleza e imponência das nossas. Mas tudo bem, eu continuo querendo vê-las!

Aqui na Irlanda não há muitas cachoeiras não - eu mesma só conhecia uma, a Torc Waterfall, no parque nacional em Killarney (quem lembra?). Há também a Powerscourt Waterfall que não conheci apesar de já ter ido lá duas vezes - ela fica a 7km de caminhada do parque e nunca tive tempo/pique suficiente pra encarar. Enfim, pesquisando acabei por encontrar um link legal que mostra as cachoeiras fotografáveis no país: http://www.photographers-resource.co.uk/locations/Nature/Waterfalls/lists/Waterfalls_Ireland_list.htm.

Quando fui pra Sligo há alguns dias pegamos um livrinho de passeios de aventura que o Rick tinha e procuramos algo nas proximidades da região que dava pra ir de carro - sim! Glencar foi o nome da vez.

Evitando o momento Marilyn em "O pecado mora ao lado"

Essa cachoeira fica no condado de Leitrim, não muito longe de Sligo. Há estacionamento para carros, banheiros e placas e mapas indicando como chegar na cachoeira - fica bem perto e é muuuuito tranquilo de andar até lá!



Glencar tem apenas 50 metros de altura mas apesar de não muito alta, tem como característica outra coisa: quando a brisa bate a água parece um vapor, uma nuvem, coisa bonita de se ver. Não consegui capturar com a foto, mas dá pra imaginar:



Glencar tem uma certa importância mesmo porque foi citada pelo poeta irlandês Yeats em seu poema "The Stolen Child". Pra quem tá afiado no inglês, dá pra encarar a leitura.



Ainda caminhamos por ali e tiramos mais algumas fotos. Ah, esse verde irlandês!






Enfim, quem sabe eu não faça uma meta pra esse ano conhecer as outras cachoeiras da Irlanda? Ou ir ainda mais longe e conhecer os outros 22 (são 32 no total) condados que ainda não conheço? Vamos ver, vamos ver...
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top