Um ano e quatro meses

/

Hoje é dia 20! Dia de comemorar mais um mês vivido na Ilha Esmeralda - não sei o porquê, mas quando nunca uso o termo "Ilha Esmeralda" por aqui. Não gosto, não sei.

Quem diria, minha gente, quem diria. Quando renovei o visto em março, não pensei que ia continuar tendo assunto praticamente diário por aqui, mas não é que mantive o ritmo de 5 postagens semanais praticamente desde quando cheguei aqui? Yes!

Só que desde o dia 20 de junho, meu último post de comemoração, muita coisa mudou.

Cheguei do Brasil, trabalhei um pouco e logo minha chefe veio me dispensar para o verão, já que ela teria férias por 2 meses. Ela não me mandou embora, porque deixou bem claro que me quer de volta em setembro, mas ela acha o quê, que vivo de luz? Logo no anúncio da notícia comecei a mandar currículos e fazer algumas entrevistas. Desde então já foram várias - algumas famílias eu dispensei, outras não me quiseram, outras não deram resposta.

Não tem sido dias fáceis. Além de uma ou outra entrevista, não tenho absolutamente nada pra fazer. Nada. Já fui em todas as atrações de graça na cidade. Já fui pedalar o Phoenix Park inteiro (é serio!). Já fui inventar de fazer bolo. O desespero de ficar sem fazer nada foi tanto que voltei a assistir séries em ritmo maratona, coisa que não fazia há muuuito muito tempo.

Phoenix Park em mais um dia de férias não-remuneradas

E já que o blog é meu e eu falo do que quiser, posso deixar uma dica pra quem gosta de séries? Assista "Orphan Black". Eu já tinha ouvido falar mas nem sabia do que se tratava. Li a sinopse, gostei, baixei o piloto e viciei, foi amor avassalador. O bom é que são apenas 2 temporadas com 10 episódios cada, então é tranquilo de acompanhar.

Visto que devorei essa série em 2, 3 dias, comecei uma outra: "Hannibal". Não sou muito fã do personagem nem curto tanto "Silêncio dos Inocentes", mas como sei que o público tem falado muito bem dessa produção, dei uma chance. Tô acabando a 2ª temporada - não amei de paixão, mas gosto bastante.

Mas voltando à Irlanda: sei que algum emprego vai vingar, mas tenho que ter paciência. É foda quando você não se preparou financeiramente pra isso, mas tudo bem, tudo bem. Já passei por coisas piores e superei! Já dizia a canção, "what doesn't kill you makes you stronger" (CLARKSON, Kelly).
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top