Wexford e suas surpresinhas

/

Que eu adoro visitar a Irlanda e conhecer tudo que é possível e está a meu alcance todo mundo já sabe. E aproveitando que tínhamos um final-de-semana livre, fui com o R. para o sudeste do país: Wexford e Waterford.

Na verdade a ideia era ter passado o dia todo em Wexford, dormir por lá e seguir pra Waterford no domingo. Os planos mudaram um pouco e não deu pra ver tudo, mas ó, gostamos tanto que estamos ansiosos pra voltar e ver mais!

Saímos de Dublin e fomos direto pra capital do condado. A origem do nome Wexford vem dos vikings que a chamaram de Veisafjǫrðr, entrada das casas de barro. E sim, ela foi nomeada por vikings porque foi fundada por eles lá pelo ano de 800 DC!

Massss em 1169 os Normandos invadiram o local e ali foram se estabelecendo. Histórias semelhantes se repetem em várias cidades da Irlanda: vikings invadem, Normandos invadem, etc, etc...

Enfim: o fato é que eu tinha muito interesse em saber mais da história da cidade e tinha até pesquisado sobre um walking tour que saía do Westgate Heritage Center todo dia de manhã e à tarde. Como chegamos lá um pouco antes do horário do tour da tarde, corremos pra tentar pegá-lo: checamos endereço no mapa e fomos caminhando até o local, mas o ponto de chegada que o mapa nos mostrava não era o local onde queríamos chegar! Depois de andar pelas mesmas ruas por quase uma hora achamos o bendito - pra descobrir que ele estava fechado.



Frustrados, saímos em busca de um lugar pra tomar café e logo ali no centro encontramos um lugar bem bacana: o Green Acres. Eles servem comida e tem uma grande variedade de vinhos, mas ficamos só numa bebidinha simples e um pedaço de bolo. Eu comi um bolo de laranja com chocolate maravilhoso (preciso aprender a fazer!) e o R. comeu um caramel slice de fazer o coração derreter de alegria.

Foto mais parecida que achei na internet

Enfim, seguimos para o nosso primeiro passeio de fato em Wexford: o Irish National Heritage Park. Esse parque foi muuuuito legal mas merece um post só pra ele porque foi foda!

Sendo assim, vamos voltar à cidade em si: o centro é super pequeno e há várias lojinhas bem únicas de itens de costura, sapatos e butiques chiques, além de pubs e alguns restaurantes. Me lembrou muito Sligo e Cork, sabe? Aliás, acho que as cidades irlandesas acabam sendo meio parecidas mesmo... "Cidades" entre aspas, porque quando conversava com um local a respeito de lá, ele agradeceu que eu chamei Wexford de CITY e não de TOWN.

Nos hospedamos num Bed & Breakfast chamado Cuasnog. Achamos ele por acaso na internet e por sorte, havia quartos vagos, já que os dois primeiros B&Bs que ligamos não tinham nada. O local é super bem localizado e a dona é muito gentil e solícita, mas gente, que mulher esquisita. Sabe aquelas pessoas super inteligentes que intimidam só com o olhar? Então, ela era assim.

Assim que chegamos ela ofereceu um chá e como havia um outro casal que também tinha acabado de chegar lá, tomamos chá juntos. O casal era de Dublin e tinha um sotaque muuuuuito north dubliner, jaaaysus! Tratem o inglês melhor, minha gente!

A dona do B&B deu dicas de lugares pra jantarmos na cidade. Na verdade, há um restaurante que dizem ser tipo um dos melhores do país e a reserva deve ser feita com muuuita antecedência. Infelizmente só ficamos sabendo dessa dica em cima da hora e não deu pra agendar nada, mas fica pra próxima. Acabamos indo pra um restaurante de comida indiana chamado Spice que também tava bombando. Como a mesa demoraria uns 45 minutos, fomos dar mais umas voltas por ali pra passar o tempo.

Enfim, infelizmente não deu pra visitar museus nem saber mais sobre as particularidades de Wexford, mas valeu muito a pena - o parque da tarde desse dia e o farol do dia seguinte que o digam!

ps.: Dois filmes famosos foram gravados no condado de Wexford: "O Resgate do soldado Ryan" teve cenas gravadas na praia de Curracloe e "O Conde de Monte Cristo" na vila de Duncannon!

Praia onde filmaram algumas cenas de "O Resgate do Soldado Ryan"

Forte onde filmaram cena de "O Conde de Monte Cristo"
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top