Preguiçosos, e preguiçosos intelectuais

/

Sempre fui uma pessoa curiosa. Desde criança, gostava de responder desafios da minha mãe (e confundia as palavas "pergunta" com "resposta" e pedia "mããããe, faz resposta!"), gostava de ouvir meu pai explicando o universo com as laranjas e adorava perguntar o porquê das coisas. Eu cresci e a curiosidade sempre esteve presente na minha vida.

Quando decidi fazer intercâmbio, comecei uma pesquisa incansável sobre a Irlanda. Li todos os blogs possíveis (até os mal-escritos! hahaha), li os grandes portais, contatei quem eu conhecia que já morava ou havia morado aqui... comprei guias turísticos, enfim, tentei me munir do máximo de informações e mesmo estando aqui, aprendo coisas novas o tempo todo.

Mas porque eu sou curiosa, mesmo antes de pensar em morar na Irlanda, eu já sabia algumas coisas sobre o país: passado tenso com a Inglaterra, A Grande Fome, Tigre Celta; já sabia alguma coisa de música: U2, Westlife (me julguem), Cranberries, Glen Hansard; já sabia vagamente sobre os grandes escritores - Joyce, Swift, Yeats; já tinha visto um ou outro filme irlandês/sobre a Irlanda.


Aí eu trombo com um monte de gente que mora aqui há meses, às vezes mais de ano, e que nunca ouviu falar em nada disso. Que não sabe o que foi o 1916 Rising. Que não imagina que a Irlanda tem monumentos mais antigos que as pirâmides do Egito. Que a ascenção econômica no final dos 90's e começo dos 2000's foi uma ilusão, entre tantas outras coisas - inclusive muitas bem mais simples e cotidianas, tipo onde ficam ruas X ou estabelecimentos Y.

Como disse o grande filósofo, "só sei que nada sei". Eu vivo pesquisando endereço e coisas no google porque se a internet existe, vamos aproveitar, né?

No facebook tem um grupo de meninas que vivem na Irlanda e é cada uma que eu não entendo, não me conformo. Outro dia uma postou "oi meninas, vocês sabem alguma loja que venda tintas de pintar paredes que seja em d2 ou d6 que é perto da minha casa? obrigada". O cúmulo da preguiça. E quando pedem recomendação de hostel "bom, barato e bem localizado"? Nunca ouviram falar de Trip Advisor, Hostel World ou até o mesmo o já citado google? E quando perguntam qual ônibus pegar pra chegar no lugar tal?

A pessoa investe um super dinheiro pra ter uma experiência única morando fora do país e não consegue descobrir um nada por conta própria. O que está acontecendo de errado?


Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top