Finalmente, a biblioteca da Trinity

/

Gente, desde que cheguei na Irlanda era um tal de combinar com o Rick que iríamos na biblioteca da Trinity juntos que nunca vi. Ele foi pra Sligo, eu comecei a trabalhar e nunca deu certo. Nunca. Os meses foram passando e depois de quase 1 ano e meio aqui, finalmente fomos conferir um dos lugares mais visitados pelos turistas!

Essa foto não foi tirada por mim - no dia em que fomos tava uma fila enorme!

A biblioteca da Trinity chamou a minha atenção por dois motivos: eu sabia que tinha alguma coisa a ver com o Harry Potter, que tinham usado ela de inspiração pra cenas do Star Wars e que o Book of Kells estava lá. Então vamos por partes:

HARRY POTTER

Eu achava que o filme havia sido filmado lá, mas depois de pesquisar um pouco, fiquei com dúvida: alguns dizem que na verdade as cenas da biblioteca de Hogwarts foram filmadas numa biblioteca chamada Duke Humfrey em Oxford. Veja só:


Não sei o porquê de dizerem que HP foi gravado lá quando nada na internet diz isso e as fotos comprovam, né?

Fiquei chateada, mas tudo bem porque...

STAR WARS

George Lucas nega que tenha se inspirado na Trinity Library pra conceber a sala dos arquivos do Templo Jedi no filme "Star Wars - episode II". O fato é que ele não teve permissão pra gravar lá e disse que foi apenas uma coincidência, mas o fato é que não dá pra negar não, senhor Lucas - as salas são iguaizinhas!


Reza a lenda que um dos produtores de George Lucas veio pra Dublin visitar a biblioteca e a reconstruiu digitalmente depois.

BOOK OF KELLS

O book of Kells é um manuscrito ilustrado feito por monges celtas na Idade Média. 

Vou parafrasear um pouco da wikipédia nos dois próximos parágrafos: 

Por conta da sua grande beleza e da excelente técnica do seu acabamento, este manuscrito é considerado por muitos especialistas como um dos mais importantes vestígios da arte religiosa medieval. 

Escrito em latim, o Book of Kells contém os quatro Evangelhos do Novo Testamento e deve seu nome à abadia de Kells, situada em (adivinha?) Kells, no condado de Meath. A abadia foi fundada na época das invasões vikings. O livro permaneceu por lá até 1654. Nesse ano, o governador da aldeia enviou o manuscrito a Dublin para uma maior segurança. O livro foi apresentado aos universitários do Trinity College em 1661 e desde então nunca mais saiu de lá - a partir do século 19 o Book of Kells é exposto ao público e ele só foi levado a outros países poucas vezes.

Na exposição da Trinity há várias imagens e textos que explicam os símbolos, os desenhos, o material que os monges utilizavam pra fazer as tintas, o tipo de escrita... o livro em si fica numa sala atrás de um vidro. Ele é enorme e de fato, lindo: como os caras conseguiam escrever e desenhar aquilo somente com as mãos?

Infelizmente fotos não são permitidas, mas na internet a gente encontra várias:






No segundo andar é que fica a biblioteca antiga, que é de fato bem grande e liiiiinda. Tem aquele cheiro de livro velho e dá muita vontade de pegar algum daqueles livros e tocá-lo, mas não é permitido. Além disso, há outras coisas em exibição (como poemas de autores irlandeses escritos à mão, peças musicais, etc). Tava tendo uma mostra sobre a Batalha de Clontarf também!






A entrada pra estudante é 8 euros e honestamente, apesar da importância do Book of Kells e tal, acho muito, muito alto esse valor. Mas quando a gente quer ver algo assim pessoalmente, com nossos próprios olhos, tem que pôr a mão do bolso, né?

Demoramos, mas fomos! :)
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top