Oxicoco* e família irlandesa

/

Como comentei ontem, gosto de algumas bandas irlandesas e resolvi matar o tempo falando delas aqui. Hoje é dia de pop rock. 

Se você é ou já foi professor de inglês na vida, provavelmente já passou uma música do Cranberries pros seus alunos. E se você foi professor nos anos 90, essa probabilidade sobe pra quase 100%. 

Cranberries tem muita música sensacional. E a vocalista chama Dolores (igual à minha tia/madrinha!). Tipo, uma irlandesa chamada Dolores, totalmente inesperado. Mas aí o Wikipédia me contou que a família dela era católica e a mãe deu esse nome a ela em homenagem à Nossa Senhora das Dores. 

Eles tem vááááááários clássicos que todo mundo já conhece: minha preferida "Ode to my family" (adoro como ela puxa o R aqui: does anyone carrrrrrrre), "Zombie", "Dreams" e "Linger" (sempre presente nos karaokês por mim freqüentados e que ganhou uma versão de Angélica. Ai deus). 


MAS PRECISO FAZER UMA PAUSA!!!!

Buscando os links pra colocar no post, descobri que a sertaneja Paula Fernandes fez uma versão pra "Ode to my family". Tipo, eu geralmente não tenho preconceito com versões, mas putz... ouça por sua conta:


The Corrs

Eu ouvi Corrs pela primeira vez por volta de 98, 99, na minha fase MTV maníaca. Foi a primeira e a minha mais querida até hoje, "Only in my dreams" (vídeo abaixo). Adoro a voz da Andrea, adoro ver a família tocando junta, os violinos, a pegadinha meio folk, meio celta. 

Depois teve "What can I do", "Radio", "Summer Sunshine", "Breathless", etc. Gosto muito do acústico, principalmente de "At your side", "Queen of Hollywood" e "Toss the feathers", música tipicamente irlandesa, sensacional. 



*oxicoco é o nome em português para cranberry, a fruta que dá nome à banda citada no post. Sinceramente, nunca ouvi falar nessa fruta (pelo menos não com esse nome) por aqui.
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top