Nos 45 do segundo tempo

/

Já contei das minhas sagas pra encontrar um lugar pra morar aqui e aqui

Peguei vááários ônibus, andei muito (meus pés doem até hoje), passei até calor de tanto andar (considerando que tem feito 1 grau com sensação térmica de -6, tô bem, né?). 

Aí que depois de ser rejeitada por brasileiros, de ter sido deixada esperando em porta, de ter ficado aguardando respostas... Consegui um lugar pra morar. 

Eu já tinha falado com esse casal através de um grupo do facebook. Eles só dariam resposta na segunda, e como eu tava meio desanimada, continuei minha busca. Acordei na terça disposta a pegar mais noites no hostel até encontrar uma casa. Mas mesmo assim, fui de manhã conhecer a casa que esse casal tava oferecendo. 

Fica em D7. Do centro, deu menos de 15 minutos de ônibus. A rua é toda fofa e residencial e a casa... Bem, a casa é a melhor casa que visitei nesse país: grande, limpa e clara, com muitas janelas que deixam a (pouca) luz do sol entrar. 

Porque olha, visitei cada casa aqui que só por deus, viu?

O quarto é single. Não gigante, não minúsculo. Mais caro do que o teto que eu havia estipulado pra pagar num quarto single, mas além da casa ser ótima, o casal era incrível. 

Pra começar, eles são mineiros. E mineiro é sempre gente boa, ô povo gente fina, cara! Não à toa tenho bons amigos de Minas. Segundo: eles não pareceram ser esses estudantes que vem pra Irlanda encher a cara. Terceiro: eles gostaram de mim e eu gostei deles!

Fechou, vaga minha. 

Apesar da casa já ter utensílios tipo prato, colher, ferro de passar e tal, eu precisaria comprar edredon, lençol, toalha. 

Toalha eu já tinha trazido do Brasil. 

Edredon aqui é assim: você compra o recheio separado da capa. Acho bacana, mas a capa saiu mais cara do que o edredon em si. De qualquer forma, comprei também lençol e duas meias-calça, porque tá frio demais da conta (em homenagem aos meus flatmates). 

O Rick foi me ajudar nessa tarefa, porque sair carregando edredon, lençol, travesseiro e etc não seria fácil sozinha. 

Passei a noite arrumando minhas coisas no hostel (como se fossem muitas) e na quarta de manhã, no DIA DO MEU CHECK OUT do hostel, me mudei. 

Nunca estive tão feliz aqui. Já arrumei minhas coisas, tudo na sua devida gaveta e acharam até umas mini-prateleiras no armário debaixo da escada (Saudades Harry Potter) que já vão servir de moradia pros meus esmaltes! (Momento fútil, eu posso um pouquinho, vai)

Tem um mercado muuuuito grande aqui perto, o Tesco (rede famosa por aqui, preços super baixos e produtos próprios com preço menor ainda). Fui lá fazer uma comprinha pra poder ALMOÇAR finalmente! Cozinhei um macarrão firmeza! Hahaha! Só a carne moída daqui que não gostei muito, mas acostuma, né?


Ó minha vista aí!

Moral da história: gastei todos os meus créditos nessa brincadeira de ligar pro povo das casas, andei, "perdi" tempo mas consegui algo em 6 dias. Se você veio parar nesse blog porque tá pensando em vir pra cá, sugiro vir com pelo menos duas semanas de acomodação. Assim você fica mais tranquilo e não marca o gol nos 45 do segundo tempo, como eu! 
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top