Irlanda: os porquês

/

Já são uns 4 meses de blog. E faltam praticamente 15 dias pra eu estar em Dublin. Mas por que eu escolhi ir pra Irlanda mesmo?

Vamos lá:

Eu sempre quis fazer intercâmbio. Sempre gostei de idiomas, sempre gostei de inglês, outras culturas. Na época em que estudava inglês, não tive a oportunidade financeira. Depois, acabei achando que seria besteira "gastar" dinheiro indo fazer intercâmbio num país de língua inglesa já sendo professora e tudo mais. 


Há uns 3 anos, eu tava com a idéia de fazer um intercâmbio de um mês na Itália (estudei italiano por um tempo, gosto muito do idioma como comentei aqui). Era numa cidade pequena, mas o valor era bem ok e eu tinha ótimas recomendações. Tava com essa idéia fixa pois achava que assim, me beneficiaria mais do que ir pra Austrália (sonho de infância), por exemplo. 

Bom, aí não sei quando nem por quê, mas no inicio de 2012 veio um clique na minha cabeça: Bárbara, besteira investir num intercâmbio de 1 mês pra Itália! Vai morar fora, vai ser gauche na vida. 

E o primeiro país a vir na minha cabeça foi a Irlanda. 

Dublin (foto retirada do blog Juntos por aí)

Talvez porque na época, tinha ótimas referências de pessoas próximas que haviam morado (e amado) lá. Talvez porque as imagens das paisagens verdes do país me vieram a cabeça. Talvez porque eu sabia que o clima era frio. Talvez porque um dos meus filmes preferidos, "Once" se passe nas ruas de Dublin. 

De qualquer modo, essa pequena idéia tomou proporções enormes e eu já tava lendo blogs e fóruns sobre vida na Irlanda, googlando "intercâmbio em Dublin" e fazendo altas contas. 

Não é à toa que é chamada de "ilha esmeralda", né? (retirada do site Um Fabuloso Destino)

Aí acabei descobrindo que apesar de ser em euro, um intercâmbio pra lá sairia mais barato e menos burocrático do que outros destinos procurados pelos brasileiros, como Canadá e a já mencionada Austrália. 

E assim... Com pesquisa, leitura, pergunta daqui e pergunta de lá eu já tava com o curso comprado, passagens compradas e tudo certo pra embarcar. 

Se alguém tivesse me dito há uns 5 anos que eu estaria embarcando pra Irlanda pra lá ficar por 1 ano, eu daria risada e diria: aham, senta lá. Não acredito até hoje que em poucos dias estarei, de fato, na Irlanda. É surreal, bizarro, incrível e um pouco assustador. 

Mas eu mal posso esperar. 
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top