Sobre "Tropa de Elite" e outros idiomas

/

Esses dias assisti Tropa de Elite com o R.

Ele nunca tinha visto filme brasileiro e achei que seria um bom começo - o filme é bastante popular, foi um fenômeno no Brasil e tem ação, drama, subtons de comédia, enfim. Assistimos com legenda em inglês, claro, e eu não pude deixar de notar uma coisa: que pena não falar um outro idioma na vida.

Explico: apesar da legenda estar lá, às vezes fiel ao texto (às vezes educada demais), a experiência de uma brasileira e de um irlandês ver o filme é totalmente diferente. E nem digo pelo contexto social ou background e conhecimento de Brasil, Rio de Janeiro, favela ou polícia no Rio. O fator linguístico muda muita coisa. 

O R. riu de algumas piadas? Riu. Entendeu o filme? Claro que sim. Mas como passar pra uma outra língua (no caso, o inglês), a forma irônica/formal que capitão Nascimento trata seus alunos (chamando-os de "senhores", por exemplo)? Como traduzir falas como "quem manda nessa porra sou eu" ou ainda "senta o dedo nessa porra". 

Porque "FUCKING shoot" ou "shoot this motherfucker" não é a mesma coisa. 


Quantas vezes na minha vida, desde que estudo inglês, não sou pedida pra traduzir determinadas coisas ou pra dizer o que outras significam e NUNCA sei direito o quê responder? Eu entendo pra mim, eu sei o que é mas não sei colocar em palavras da língua portuguesa. É por isso que admiro e respeito muito o trabalho dos tradutores e intérpretes - é um trabalho difícil, cheio de possibilidades e diferentes resultados. Tentar captar a intenção do autor do texto e adaptá-la pra outro idioma não é fácil não! E aí quando você é fluente no idioma, parece que portas se abrem e um novo mundo se mostra pra você. Um dos maiores prazeres da (minha) vida é aprender cada vez sobre idiomas!

Mas voltando ao filme: fora toda a parte linguística, há o sotaque e jeito carioca dos atores falarem, uma característica que pelo menos pra mim, marca bastante "Tropa de Elite". Sem mencionar, também, falas que acabaram virando bordões nacionais como "fanfarrão" e "pede pra sair". 


Todas ama Capitão Nascimento

Na boa, dava pra escrever tese de mestrado sobre tudo isso, sabe?

Ps1: R. disse que não sabe se quer visitar o Brasil depois de ver esse filme! Hahaha! Isso porque eu tava querendo mostrar um dos meus filmes preferidos pra ele, "Cidade de Deus". 

Ps2: que outros filmes nacionais você recomendaria prum gringo?
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top