Au pair há 3 meses

/

Pois é... há pouco mais de 3 meses eu comecei a trabalhar pra família M. todos os dias, das 9h às 17h.

Honestamente, não achei que eu fosse gostar tanto. Eu tava fugindo disso como diabo foge da cruz, já que criança nunca foi o meu forte, e não é que me surpreendi? As meninas são umas fofinhas e a cada dia que passa, gosto mais delas. Genuinamente tenho momentos de diversão e a hora até que passa bem rápido com elas.

No parquinho, fim do verão...

A rotina está bem estabelecida e elas comem direitinho, dormem um pouco à tarde, brincam de tudo - são raros os momentos de estresse. Esses dias a É. soltou do carrinho e foi andando em direção à rua quando vinha um caminhão (que buzinou, claro), mas eu segurei no braço dela bem antes da bichinha chegar perto da rua. Dei a maior bronca, disse que ela não podia sair assim correndo e por dentro eu tava era desesperada - já pensou se essa menina me corre pra rua em direção ao caminhão e um acidente acontece? Ela só olhou pra mim com os olhos arregalados e disse "yes" quando eu pedi pra ela confirmar que tinha entendido o perigo da situação.

Mas isso, como eu disse, é raro.

Gosto de conversar com elas, de ajudar a trocar, de colocar a comida (porque elas comem sozinhas), gosto mesmo. E não, não mudei de ideia e continuo não querendo ter meus próprios filhos (quem sabe eu escreva sobre isso futuramente?), mas que elas são adoráveis e dá vontade de apertar até quebrar, dá.

Uma reflexão que tenho feito nos últimos dias é que eu ganho mais como babá aqui na Irlanda do que ganhava como professora de inglês numa das "melhores escolas de idiomas de SP". Tudo bem que trabalho mais horas efetivamente aqui, mas ainda assim, ganho mais. Tipo, isso porque eu ganho um pouco menos do que o valor mínimo (que aqui é por hora, e não mensal como no Brasil), já que meu trabalho não é registrado, é informal. Não é bizarro? É surreal e bem frustrante, pra dizer a verdade. Não frustrante agora, não! Com o que ganho aqui, consigo pagar minhas contas e fazer meu pequeno pé-de-meia pra viajar. Com o que ganhava no Brasil, mal fazia o que precisava, quem diria viajar. Não é à toa que trabalhei em dois empregos pra juntar dinheiro pra vir pra Irlanda, né?!

Mas a verdade é que, por enquanto, tô muito feliz!
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top