O dia em que eu saí de casa...

/

Nunca achei que fosse usar música do Zezé di Camargo pra ilustrar alguma situação da minha vida, mas não é que hoje eu só conseguia pensar nela?

"Mas ela sabe que depois que cresce o filho vira passarinho e quer voar..."

E há exato um ano eu voava (literalmente) pra minha nova vida, pra um destino novo e que me transformaria pra sempre. Pode parecer dramático, mas é intenso mesmo: no dia 16 de março de 2013 eu embarquei pra Istambul, embarquei pra realização de um sonho, embarquei para o inesperado. 

"Mas intercâmbio pra quê? Você já fala inglês!"

"Você vai abandonar seu bom emprego aqui pra ter subemprego na Europa?"

"Ah, mas na Irlanda é muito frio e chove demais!"

Para essas e outras frases parecidas que ouvi quando anunciei que vinha pra cá: apesar deu ter dado uma pausa na minha carreira pra ser babá, nunca estive tão feliz. O inglês? Claro que aprendi diversas expressões e o modo particular com o qual os irlandeses falam, então vamos dizer que o inglês melhorou! E o clima... o clima foi maravilhosamente atípico e até calor passei na ilha. 

Há um ditado que diz "home is where your heart is".... E o meu por ora, tá aqui.
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top