Museu da... manteiga! (?)

/

Sabe aqueles lugares que você nunca imaginou conhecer? Pois é, há algumas semanas fui com o R. ao Museu da Manteiga, em Cork.  


butter museum em cork


Meio bizarro pensar que existe um museu dedicado à manteiga, mas não é super legal? Eu achei a ideia ótima e justamente por isso queria conhecer o local, mas da primeira vez que tentamos (há alguns meses já) não deu certo porque ele tava fechado. 

Logo na entrada o cara da recepção nos informou que um vídeo informativo tinha acabado de começar. Se tratava de um vídeo meio brega dos anos 80 falando sobre a indústria alimentícia - e mais especificamente do leite e manteiga na Irlanda, com foco na marca Kerrygold

Aliás, o R. me mostrou uns comerciais muito bizarros dessa marca - inclusive um que ele disse ter virado meme na Irlanda muito antes dos memes na internet existirem. Só assistindo pra tentar entender - a frase que se tornou "viral" foi a frase final "who's taking the horse to France", muito bizarro. Assista aqui.

Voltando ao museu: vários objetos que utilizava-se nas fábricas para fazer a manteiga, fotos de fábricas e funcionários trabalhando, entre outras coisas, são exibidos. Tem muita coisa interessante!



butter museum em cork





Nos anos 70 o mercado de leite e manteiga cresceu tanto que a Irlanda tava importando manteiga pra vááááários países ao redor do mundo, um boom mesmo.

Outro fator que me chamou muito a atenção foi a questão supersticiosa da coisa: os produtores faziam de tudo pra evitar que seres sobrenaturais interferissem no processo da feitura da manteiga - penduravam, por exemplo, cruzes de Santa Brígida pra proteger as vacas no estábulo de fadas (sim, FADAS!). Espirravam água benta nas vacas pra benzer o leite que elas produziam, rezavam durante a fabricação inicial da manteiga, colocavam sal nas tampas dos potes pra afastar o mal.

Mas até aí, tranquilo. O bizarro mesmo vem agora: descobriram que no condado de Mayo, usavam as mãos de homens mortos pra mexer a manteiga - usaram até mão de crianças mortas pra proteger a manteiga. Sério.

Bom, no segundo andar do museu há algumas salas que falam sobre a produção de leite na Irlanda séculos atrás, tipos de vacas, armazenamento de derivados no bóg (sim, aquela "lama" preservava a manteiga, já que não tinha geladeira, né?), guerras entre reis na Irlanda e roubo de gado (!), comércio e troca de produtos, etc etc etc. Há informações interessantíssimas e muita coisa curiosa, como o fato de há muitos séculos ter ocorrido troca de mercadorias entre Irlanda e Barbados! Hahaha


Musiquinha fofa <3




Enfim, o Butter Museum é bem bacaninha e acaba sendo um passeio rápido. Recomendo pra quem mora ou vai pra Cork a passeio!
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top