Alemão: cedo demais pra falar que tô amando?

/

Comecei a estudar alemão há duas semanas e tô me divertindo bastante, apesar de tanto a segunda como a terceira aulas terem sido bem medianas, bem regulares. Eu entendo que é um curso bem introdutório, de 8 semanas, mas mesmo assim, vejo muitas falhas no delivery da professora. Em nenhum momento duvido da capacidade linguística dela, mas gente, a aula é bem mais ou menos. 

Acho que o que mais me incomoda é impessoalidade e a falta de repetição. Eu lembro que quando dava aula pra níveis básicos, repetia as coisas milhares de vezes e fazia os alunos repetirem de diversas formas: em grupo, em pares, prática de diálogos, dinâmicas, enfim, muita coisa, tudo com o intuito de ajudar o aluno na pronúncia. A professora até fez a gente repetir um pouco mais, mas se atrapalhava na instrução e nos comandos. Uma coisa que aprendi quando trabalhava na Fisk é dar instruções bem claras de repetição - ao invés de simplesmente um "everybody", a gente sempre dizia "let's repeat" ou "listen and repeat". Parece um detalhe bobo, mas faz muita diferença pro aluno iniciante. E ela não faz a gente repetir incansavelmente, aí fico insegura, achando que tá todo mundo sabendo pronunciar, menos eu!

A respeito da impessoalidade, explico: eu gostava de me envolver com os alunos, saber quem eles eram, do que gostavam, onde trabalhavam, enfim, ter uma base pra poder dar exemplos que fizessem sentido pra eles, sabe? Eu também dava informações pessoais uma vez ou outra ao longo das aulas - isso é importante pro aluno criar um laço com você! A professora do alemão nunca falou dela (e só sabemos sua nacionalidade porque um cara na sala é polonês e ela disse que também é) e não perguntou nada pra gente a não ser nossa nacionalidade. Na segunda aula começou dizendo "Boa noite. Vamos praticar os sons que vimos na aula passada", não teve nem um "como foi o fim de semana, como vocês estão?"! Eu sempre perguntava aos alunos e na maioria das vezes estava genuinamente interessada.

Demos continuidade nos números - na segunda aula, de 13 ao 20 e as dezenas cheias; na terceira aula, até mil. Achei os números um caso à parte, muito engraçado! Ao invés de falar dois dígitos na sequência "normal", como 23 = vinte e três, em alemão é o contrário, algo como "três e vinte". Aí quando os números aumentam você mantém a sequência normal, com exceção dos números que vão de 21 à 99, aí tem que inverter! Bizarro, mas divertido! (e escreve tudo junto, tipo o número 155 seria hundertfünfundfünfzig!!!)


No fundo no fundo eles são inofensivos...

Aprendemos também os dias da semana (fácil fácil, já que os nomes em inglês vêm do alemão - exemplo: Montag - Monday) e vocabulário do tipo "hoje", "amanhã"... Até rolaram um exercícios legais com várias perguntas do tipo "se hoje é terça, que dia será depois de amanhã?" ou "amanhã será quarta, que dia foi anteontem?". Achei bom pra já mostrar algumas estruturas de frases e tempos verbais diferentes. 

E falando em tempos verbais, no fim da segunda aula a professora começou a falar de conjugação de verbos regulares no presente. Pra quem fala português e já estudou outros idiomas, sabe como funciona: os pronomes tem conjugações diferentes e pronto. Pra quem tem inglês como base acho mais difícil, já que em inglês a conjugação (pelo menos no presente) só muda pra terceira pessoal do singular. A senhorinha irlandesa tava toda perdida na aula, coitada, ficava balançando a cabeça como se dissesse "não". Na terceira aula vimos outros verbos, inclusive alguns irregulares.

Ah, ainda na terceira aula aprendemos os membros da família, alguns pronomes possessivos, cores, países e nacionalidades. Tô cheia de coisa pra estudar!

Mantenho com convicção a ideia de que aprender um idioma não depende totalmente do professor. Eu vou na aula, tenho estudado durante a semana e não vou atribuir um possível fracasso à professora ou à escola, como muitas pessoas fazem ("não aprendi nada, o professor é ruim!"). Claro que se o professor é bom, você fica mais animado, mas a motivação vem de você mesmo. Se tá aprendendo, o mérito é MUITO SEU!

Alemão, rumo à aula 4! Tô gostando demais! Bis bald!
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top