O banho

/

Não sei se você sabia, mas criança aqui na Irlanda NÃO toma banho todo dia. Não precisa, né, gente? Pois é. Para nós, brasileiros, vindos de um país onde você toma fácil 2 ou 3 banhos no calor, se deparar com esse fato na Irlanda é um certo choque cultural. Pra mim, não tem desculpa. Não diga que é o frio, porque aqui tem aquecedor e água quente. Não diga que a pele é sensível, porque isso não existe. Criança pula, brinca, se suja, tem que tomar banho. Sem contar outros cantos do corpo - só um lencinho umedecido ao trocar a fralda não é sabão...

Bom, aí ao voltar das férias do Brasil percebi que o cabelo da C. (agora com 2 anos e 1 mês) tava bem oleoso. A mãe até comentou comigo que achava que a menina tava passando a mão suja no cabelo, mas pra mim, esse não é o único motivo. O verão chegou e a mãe delas continua vestindo-as com manga longa - elas suam, passam calor também, porra! Lógico que o cabelo da menina vai ficar oleoso.

A chefe emendou esse papo dizendo que tava sem tempo aquele resto de semana pra dar um banho na menina (acho que elas tomam banho 1 vez por semana apenas) e eu me ofereci pra dar banho nelas no período em que estou lá. Ela agradeceu e disse que seria ótimo se eu pudesse banhar a menina no dia seguinte, pois elas estariam fora de casa no fim de semana.

Sexta-feira chegou e a C. tava toda animada porque ia ter um "bath". Assim que a mãe saiu de casa pro trabalho, ela ficou me amolando pra ir tomar banho logo. Pedi pra ela tirar a roupa (a blusa ela ainda não consegue), tirei a fralda e coloquei ela no pinico pra fazer xixi - porque imaginei que ela faria na água. Tô tão esperta que deu certo, porque ela não fez xixi nenhum na banheira, yes!

Bom, aí abri a torneira de água quente e um pouco da fria pra encher a banheira - a maioria dos banheiros aqui tem chuveiro, mas esse da casa não, é só banheira.

Eu não sabia onde estavam as coisas - shampoo, sabonete, esponja, fui perguntar pra C. que já foi me mostrando tudo e aproveitando pra pegar os patinhos dela pra brincar na água. Testei a temperatura com o braço e coloquei a bichinha lá.

Mas ela ficou tão feliz, mas tão feliz!

E eu também.

Porque assim como daquela vez que me deu uma sensação mó gostosa com ela no meu colo, me deu aquele sentimento gostoso de novo ao dar banho nela.

Ela não reclamou de sabão na cara, cooperou, ajudou, brincou. Quando acabei, perguntei se ela ainda queria ficar na água, ela disse que sim. Brincou mais, nadou e não derrubou água pra fora, como eu havia pedido.

Linda, uma fofa. Apaixonei! Esses momentos são realmente especiais - principalmente porque ela ficou cheirosinha depois!


Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top