A última parada do Titanic - Cobh, no condado de Cork

/

Se você lê meu blog há um tempinho, já deve ter notado que eu adoro a história do Titanic.

Vi o filme milhares de vezes quando criança e fiquei doida no museu em Belfast. Mas eu já sabia que tinha mais um lugar na Irlanda relacionado ao navio - inclusive descobri essa informação quando visitei um museu em Cork - quem lembra?

Este lugar se chama Cobh (lê-se Cove), uma cidadezinha de 10 mil pessoas na costa do condado de Cork. Foi lá que o Titanic fez sua última parada antes de cruzar o Atlântico - na época a cidade se chamava Queenstown. Aliás, um parênteses: a cidade chamava Cobh, mas quando a rainha Elizabeth visitou a Irlanda renomearam a cidade em homenagem à ela (oi?). Aí nos anos 20 mudaram pra Cobh novamente...

cobh no condado de cork, irlanda


cobh no condado de cork, irlanda


Bem no centro na cidade está o Titanic Experience, um museu sobre o Titanic, pessoas que embarcaram em Cobh, entre outras coisas. O museu fica no prédio que abrigava a companhia White Star Line, onde as pessoas compravam tickets pro navio. O ingresso, assim como o ingresso no Museu da Grande Fome, vem em formato de ticket de navio:

cobh no condado de cork, irlanda

Estudante paga 6 euros e adulto 9. É bem caro, assim como a maioria das atrações na Irlanda, infelizmente. Não que não valha a pena fazer a visita, porque vale! Mas podiam ser mais bacanas com esse preço aí...

Quando chegamos conseguimos pegar o último tour do dia, que dura em torno de 45 minutos Achei que tava até cheio pra um pós-Natal, sabe? A guia tinha um sotaque muito bonitinho e apesar de bem irlandês, de fácil compreensão.

Começamos vendo uma projeção do capitão do navio nos convidando pra entrar. Depois, numa outra sala, vemos um vídeo bem rapidinho sobre os 123 passageiros (dos quais 44 sobreviveram ao acidente!) que embarcaram em Cobh - uns gatos pingados de primeira e segunda classe e a grande maioria na terceira classe. O ticket em moeda atual, seria coisa de 8 libras pra terceira classe e 800 pra primeira!

A guia depois explica um pouco sobre algumas pessoas que desembarcaram em Cobh (lembre-se: o navio vinha de Belfast e já tinha parado em Southhampton no Reino Unido antes daqui) e conseguiram se salvar da tragédia. Um deles é Father Brown, que ficou famoso por ter tirado várias fotos do navio e por não ter estado no naufrágio, manteve sua câmera e fotos salvas em território irlandês. Além disso, ficamos na plataforma de frente ao pier de onde o navio teria parado pras pessoas embarcarem.

cobh no condado de cork, irlanda

cobh no condado de cork, irlanda

cobh no condado de cork, irlanda
Foto tirada do outro lado: você está vendo o pier de onde as pessoas saíram

Na outra parte do tour vemos como eram as cabines de primeira e terceira classe (mas não podia tirar foto - tudo bem, porque já vimos essas fotos em Belfast, né?) e a guia explicou que só haviam dois banheiros pras centenas de pessoas na terceira classe - a pequena cabine tinha eletricidade e pia com água corrente, o que pra muitos deles, era luxo, já que não possuíam essas modernidades em suas casas.

Ao final do tour entramos numa sala com um telão que mostra como o navio teria afundado (nada que você não tenha visto no filme do James Cameron) e depois ficamos livres pra ler algumas placas com curiosidades sobre icebergs, temperatura da água na noite do acidente, entre outras coisas.

cobh no condado de cork, irlanda

cobh no condado de cork, irlanda

cobh no condado de cork, irlanda

cobh no condado de cork, irlanda


A última sobrevivente do Titanic faleceu em 2006 - ela tinha 2 meses de idade quando ele afundou, em 1912. Incrível, né?

Cobh é uma cidade gracinha e tem mais museus e um centro de visitantes também - nós demos uma olhadinha rápida mas como estava em cima da hora, não entramos. Recomendo muito uma visita ao local se você estiver de bobeira em Cork!

cobh no condado de cork, irlanda
Homenagem aos primeiros irlandeses a imigrarem pros EUA

cobh no condado de cork, irlanda

cobh no condado de cork, irlanda

cobh no condado de cork, irlanda

Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top