5 produtos brasileiros encontrados em lojas não-brasileiras na Irlanda

/

Você é brasileiro e mora na Irlanda? Sente saudade de alguns produtos típicos do nosso país? Não consegue só viver com as comidinhas irlandesas? Seus problemas acabaram, esse post é pra você!

E caaaaalma, que hoje é 1º de Abril mas o que eu vou te contar aqui não é mentira nããããooooo!

Desde antes de vir pra Irlanda eu já sabia que rolavam lojas e restaurantes brasileiros aqui, mas no meu primeiro ano de Irlanda sempre evitei frequentar esses lugares. Não me leve à mal, mas eu tava numa vibe de intercâmbio mesmo, de experimentar coisas que eu não tinha o hábito de experimentar, de comer bolachas diferentes, tomar chás diferentes, viver o intercâmbio de verdade, né?

Tem gente que mora aqui 6 meses, 1 ano e vive comprando comidas brasileiras, indo em festa brasileira... eu sempre falo disso aqui no blog: se você curte fazer essas coisas, ok, que bom pra você, mas não consigo entender a pessoa gastar uns 20 mil reais pra vir pra Irlanda viver o Brasil, sabe?

Fecha parênteses. Depois que fui ao Brasil a passeio em 2014, voltei muito mais brasileira. Poderia usar a desculpa de ter um namorado não-brasileiro e dizer que começamos a comprar coisas brasileiras pra ele, mas o fato é que isso não é 100% verdade. O R. gosta muito da cozinha brasileira, mas o fato é que eu comecei a sentir muito mais falta de certas coisas e produtos.

Assim, eu nasci brasileira e morrerei brasileira. Mesmo que eu more aqui na Irlanda pro resto da vida, serei sempre brasileira. Não vou deixar de amar feijão carioca, quindim, brigadeiro, doce de leite, farofa, etc, etc, etc, mas isso não significa que eu só coma essas coisas, sabe? Aqui em casa o negócio é balanceado: comemos o combo brasileiro arroz & feijão uma vez por semana, mas também comemos o combo irlandês batata & legumes & carne uma vez por semana. Tomamos chá irlandês, mas a cada dois, três meses compramos guaraná ou suco de goiaba na loja brasileira pra matar a saudade. E vamos seguindo assim. Me sinto privilegiada de ter o melhor dos dois mundos!

Maaaaaaaas, apesar de lojas brasileiras existirem aqui em Dublin, elas não são nada baratas. Você mata a saudade da comidinha verde-amarela, mas paga caro por isso.




E aí que há algum tempo venho notando que vários produtos brasileiros tem irmãos ou primos vendidos nos mercados mais comuns da Irlanda. Sim, porque se você não mora em Dublin, provavelmente não terá acesso à loja brasileira no interior. E como o Barbaridades de vez em quando faz vezes de utilidade pública, apresento algumas dicas pra você que quer usar um leite condensado, um requeijão, etc. A montagem tá tosca, mas o que ale é a intenção:

produtos brasileiros na irlanda





1 - Leite condensado é super fácil de encontrar aqui. Além de Tesco e Aldi, já comprei também na Dunnes. Infelizmente só encontrei essas três marcas por aqui - não espere aquela prateleira inteeeeira de diferentes marcas de leite condensado porque aqui não rola. No entanto, essas marcas são ótimas e não devem nada ao leite condensado brasileiro!

2 - Feijão: desde que passei a morar com o R. cozinho feijão a cada 2, 3 meses. Faço 1kg de uma vez e congelo em porções, assim temos feijão fresquinho de vez em quando! Confesso que eu só comprei feijão na loja brasileira, o que dá uns 4 euros o quilo, se não me engano. Aí outro dia vi o tal do pinto beans no mercado e fui pesquisar: ele é exatamente o nosso feijão carioca! Ainda não cozinhei o pinto (hahaha, maturidade zero aqui), mas tenho certeza que fica igual ao nosso. O melhor é que no Tesco, 500g sai mais barato do que nas lojas brasileiras.

3 - Requeijão: eu sempre amei requeijão, mas não morro de saudades por aqui. Gosto de comer de vez em quando, mas nesses três anos morando na Irlanda, só comprei requeijão uma vez (e porque o R. gosta muito!). Essa marca é vendida nas lojas brasileiras, mas também em alguns Tescos e lojas asiáticas.

4 - Meus amigos e amigas, depois que descobri que farinha para kibe é a bulgar wheat, ninguém me parou. Fiz kibes recentemente e ficaram deliciosos, mesmo assados! Tô muito cozinheira!

5 - Linguiça: esse truque aprendi com Bia logo quando cheguei na Irlanda. As linguiças irlandesas tem sabor e propósitos diferentes das linguiças com as quais estamos acostumados no Brasil, sabe? Vez ou outra eu comia uma linguicinha e tal, mas o melhor uso que você pode fazer dessa é colocando no feijão ou na lentilha. Sério, sucesso garantido! Existem diversos tipos naquela rede de mercados polonesa chamada Polonez, mas eu já usei várias e sempre fica bom. Ah, vale lembrar que o número de poloneses é tão grande na Irlanda que alguns mercados tem até prateleiras com produtos poloneses - e o Tesco Dundrum, perto de casa, tem até prateleira na parte de frios, então dá pra comprar linguiça e bacon lá tranquilo!

E com esse post encerro minha boa ação do dia. Brasileiros, fiquem tranquilos porque vocês não morrerão de fome vivendo na Irlanda!
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top