Viagens do ano: 2017

/

Chegou o meu momento preferido do ano - aquela hora em que eu olho pra trás e faço um balanço das viagens que fiz no ano, os lugares que mais gostei, o que vi... enfim, aquela oportunidade de fim de ano de olhar, agradecer e me sentir orgulhosa das aventuras vividas!

Esse ano viajamos muito. Foram 6 países (7, se contar que ainda esse ano vamos pro Chile!) e duas viagens-repeteco, para lugares que já conhecíamos. Não tô reclamando não, viu? Mas tudo isso foi fruto de muita preparação e planejamento - como não havíamos viajado muito em 2016, logo no fim do ano já falei pro R. que tiraríamos o atraso. E dito e feito!

Quando começou o ano começamos a mexer nossos pauzinhos, guardar dinheiro, ficar de olho nas passagens e já pensar nos lugares para onde iríamos - inclusive fazendo uso dos feriados na Irlanda. A verdade é que só tínhamos certeza de uma coisa: no verão iríamos pra um destino ensolarado.


Janeiro e fevereiro então foram por aqui mesmo, fizemos uns passeios pela Irlanda mas nada internacional.

Em março subimos num avião pra Budapeste, uma viagem muuuito gostosa que adoramos e queremos repetir. A capital húngara nos lembrou Viena (minha cidade preferida!) por ser lindíssima e pelo estilo de arquitetura, os cafés, os doces... afff, como comemos bem em Budapeste!



Em abril fizemos um giro pela Irlanda e conhecemos mais três condados que me faltavam: Westmeath, Cavan e Longford.

Maio chegou trazendo um feriado que emendamos com uns dias de férias e embarcamos pra Croácia, num break muito desejado. Esperávamos mais calor, mas o clima tava ótimo e pudemos conhecer não só Split e Dubrovnik, como também Plitvice e ver aquelas cachoeiras e lagos maravilhosos e passar por várias cidades croatas, já que alugamos carro por lá. Também aproveitamos e esticamos pra Bósnia e ficamos encantados com Mostar, e lamentando não ter podido ver mais do país.



Esse mês foi especial também porque fomos à Londres ver o show de um dos nossos cantores preferidos, o John Mayer - inesquecível!

Em junho recebemos dois amigos queridos aqui em Dublin e pudemos passear um pouco pela cidade e arredores pra mostrar belas paisagens aos mesmos. Também fomos pra Bruxelas encontrar amigos queridos que moram em Amsterdã e Stuttgart - usamos a Bélgica como ponto de encontro mesmo. Eu já conhecia a capital, mas também fomos pra Bruges, uma surpresa, uma gracinha de cidade. Foram dias especiais e deliciosos!




Em julho ficamos por Dublin mesmo, não tínhamos viagens planejadas e nem passeios - eu tava suuuuper ocupada com o trabalho, então contando os dias pra chegar agosto.

Agosto foi o mês que trouxe a grande viagem do ano, nossas férias pra Grécia. Eu havia prometido ao R. que iríamos a algum lugar quente e para um lugar quente fomos. Passamos uma semana no país, entre Santorini e Atenas e amamos as paisagens e monumentos, realmente de cair o queixo!



Em setembro fomos pra Kerry passar uns dias com a família do R. mas não passeamos por ali pois já fizemos o trajeto do Ring of Kerry duas vezes e dessa vez o clima não colaborou para uma terceira voltinha.

Outubro foi bem legal, o clima começou a esfriar e estávamos na contagem regressiva pra ver belas paisagens outonais na Suíça com a Gabi. E cara, beleza eu sabia que ia ver, mas fiquei mesmo foi de boca aberta com a beleza de Berna. Que cidade absurda! Muito, muito linda! Também passamos um diazinho em Zurique só pra dizer que fomos, mas gostamos mesmo foi de Berna - e da recepção incrível da Gabi e do Matthew!



Novembro foi o mês da viagem-impulso: vi umas promoções da Ryanair lá pra setembro e não resisti o preço das passagens pra Bucareste - e lá foi a Bárbara e o R. conhecer a terra do Drácula.




E finalmente dezembro, o meu mês preferido do ano, trazendo meu aniversário e uma virada de década pra mim, além de uma viagem aguardadíssima pro Brasil pra comemorar meu aniversário, Natal em família e uma viagem de Ano Novo pro Chile, incluindo uns dias no Atacama, com minha mãe, irmão e R.

Tem como o ano terminar melhor?

Depois de olhar pra essa lista, só tendo a pensar que essa é a melhor maneira de investir meu dinheiro. Porque parecer que sou rhyca viajando tanto, mas a verdade é que me privo de muitas outras coisas pra fazer essas viagens. Praticamente metade do meu salário é gasta com isso - a outra metade com gastos da casa. Então ao invés de sair pra beber, comprar roupas de marca e tal, eu viajo. Claro que ninguém é de ferro, também dou minhas escapulidas, mas cara, se é pra gastar meu dinheirinho, que seja viajando e conhecendo lugares novos!

Pro ano que vem temos maaais planos ainda, algo que eu e o R. viemos pensando, organizando e planejando há muitos meses: uma viagem de 6 semanas pela Ásia! Vamos expandir os horizontes e abrir as asinhas para outros continentes, finalmente!

Além disso, no fim de semana seguinte da volta do Brasil, vou passar um dia em Londres pra encontrar umas amigas minhas da época de Cultura Inglesa que estarão na Inglaterra para um curso.

Como essa viagem pra Ásia já vai usar todas as férias que temos e não temos disponível, sem mais subir em avião em 2017 - quer dizer, queremos ir pra Itália visitar uma amiga que ganhou bebê, mas vamos ver, vamos ver...
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top