Voltando às aulas - a primeira semana

/

Não é nenhuma novidade pra quem lê o blog que eu voltei a estudar na MEC semana passada. Quando renovei meu visto em março, peguei as férias primeiro e infelizmente tive que começar as aulas agora pra ter frequência, caso queira renovar o visto mais um ano.

Também não é nenhuma novidade que eu estava muito apreensiva em voltar à escola, já que no ano passado eu já tinha observado que a escola deixava muito a desejar. Que seria fraca eu já sabia, mas não imaginava que haveria tantos professores picaretas, aulas medíocres, etc.

Fui pra aula na maior boa vontade e cabeça aberta, pra dar de cara com um professor que já dava aula pro avançado no ano passado. AI MEU DEUS. Picareta alert.

Na verdade, o primeiro dia foi uma pequena odisséia porque agora a MEC tem outro prédio, já que o prédio original, na Harcourt St, não é suficiente pra demanda de alunos que eles tem. O funcionário da escola já havia me dito que minhas aulas seriam no prédios Whitefrias na Aungier St e fui segunda sossegada pois já conheço aquela rua e chequei no google antes pra ter certeza de onde os tais prédios eram. No fim eu não achava a porra da escola de jeito nenhum, liguei na MEC pra me ajudarem e fiquei uns 15 minutos no telefone com uma funcionária me ajudando - finalmente descobri o lugar: duas portinhas pretas minúsculas, sem nenhuma placa ou aviso de que ali é uma escola, que maravilha!

Como cheguei atrasadíssima, fiquei com medo de não me deixarem entrar, mas a moça da recepção disse que por ser o meu primeiro dia, me deixaria entrar. Assinei a lista na frente dela e entrei na sala.

Bom, a primeira aula é dada pelo professor citado acima. Ele tem "trabalhado" com um material do IELTS, o que não é de todo ruim, já que pelo menos os exercícios de reading eu tenho feito em sala. O problema é que a "aula" dele é a mesma de sempre: falação sobre assuntos aleatórios, mal planejamento, enrolação, etc.

A segunda aula é dada por uma coitada que juro, tenho até dó. Ela é visivelmente despreparada pra dar aula - atrapalhada, fraca, enfim, uma pessoa que eu jamais contrataria pra dar aula em qualquer escola, seja ela a mais fuleira possível. Só pra dar um exemplo: na terça-feira ela deu uma fotocópia com vários exercícios de preposição (over, above, below, etc). Aí do nada disse que havia vários vídeos no youtube que ajudam a entender melhor as preposições e... sabe que vídeo ela passou em sala de aula? SABE QUE VÍDEO? Esse aqui.

Sim, eu juro. Numa turma de avançado.

Não contente ela passou um outro vídeo da mesma vibe e no dia seguinte os repetiu. Parece piada, mas não é.



Eu aproveito o tempo em que estou lá pra ir fazendo meus exercícios de CPE e ler blogs, mas ó, não é fácil.

Vai ter muita reclamação minha aqui pelos próximos 6 meses, brace yourselves!
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top