Perto do Polo Norte

/

Como eu sei que você gostam quando eu falo das menininhas que eu cuido, resolvi gravar mais um vídeo. O foda é que quando a É. fala as pérolas dela tô longe do celular e não dá pra pedir pra falar de novo, perde toda a espontaneidade, né? Esses dias resolvi fazer umas perguntas aleatórias pra ver se saía alguma coisa engraçada, e como sempre, saiu.

Antes, vou contextualizar: a É. vai fazer 3 anos em fevereiro é super tagarela - fala e canta o dia inteiro, pergunta o porquê das coisas e tem boa memória. Um exemplo: os pais dela tem amigos na Noruega e já levaram as meninas pra lá numa viagem. Pois até hoje ela fala da "Norway" (ainda que erre o tempo correto da viagem - às vezes diz que foi pra lá "ontem", às vezes "semana passada", às vezes "quando era bebê"), das coisas que fez lá e das pessoas que conheceu.

Eu tava com ela na sala e perguntei onde estava a mãe dela, a irmã e o pai. O pai das meninas é músico e está em turnê pela Europa e ela sabia até o lugar onde ele tava naquele dia! Na parte em que ela fala da irmã no vídeo dá pra observar um dos erros que citei nesse post aqui.

Por fim, acabamos caindo no Brasil e perguntei pra É. se ela sabia onde ficava o meu país. A resposta... acho que vocês já sabem, né?

video


ps: pra quem não conseguir visualizar o vídeo por aqui, subi ele também pro youtube: http://www.youtube.com/watch?v=wmhrp9z1BnM&feature=youtu.be
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top