O que eu mais temia

/

Desde que comecei a dar aula em novembro do ano passado numa escola no centro da cidade, fiquei muito alarmada com o que poderia acontecer. Não sou famosa na internet, mas tenho um blog que acaba aparecendo nas buscas sobre "intercâmbio na Irlanda". Agora não tanto, eu recebia mais emails e mensagens antes - acho que como eu não sou mais intercambista e minhas infos sobre o assunto já estão desatualizadas, o desinteresse aumentou também.

Mesmo assim, eu vira-e-mexe pensava: putz, já pensou se aparecer algum aluno na minha sala que me conhece do blog? Não que eu ficaria envergonhada, mas sempre bate aquela timidez, né? Eu tento manter uma persona de professora diferente da que tenho por aqui: não falo muito da minha vida pessoal - no máximo quando um ou outro aluno pergunta, como já perguntaram há quanto tempo eu morava aqui, se pensava em voltar ao Brasil e se tinha algum visto de trabalho. Entendo a curiosidade deles, especialmente vindo de alunos brasileiros.




Bom, aí que um dia desses a minha coordenadora perguntou se eu poderia cobrir uma professora na turma de avançado por duas tardes. Fiquei um pouco apreensiva, porque eu sei bem como costuma ser a reação de alunos em níveis mais avançados quando o professor não é ~nativo~ mas falei: quer saber? foda-se. Se achar ruim que ache - quem tá dando aula lá na frente sou eu, não eles, logo, vão ter que me engolir.

Aí fui.

No primeiro dia foi tudo bem, não teve muita coisa mesmo porque a maior parte da aula foi prova, então ok.

No outro dia, logo no comecinho da aula, uma das meninas mais bacanas da turma já chegou falando: teacher, eu vi você na televisão!

Geleeeeei. Televisão? Claro. Em 2013 eu participei daquele programa da Band, "O mundo segundo os brasileiros", quando estava morando aqui há apenas 6 meses.

Aí dei uma de louca: televisão? como assim?

Ela respondeu que era o tal programa da Band, que não-sei-o-quê.

Fiquei suuuuper vermelha e ela disse: mas fica tranquila teacher, não vou contar pra ninguém! hahaha.

No fim da aula essa mesma aluna elogiou meu inglês e perguntou há quanto eu morava na Irlanda, mas fiquei com a pulga atrás da orelha: não duvido que ela leia o blog não!

Aí que hoje, hoje mesmo, segunda-feira dia 23, uma aluna nova na minha turma chegou falando a mesma coisa: teacher, vi você na televisão! Desconversei, falei que era a minha irmã gêmea, mas não teve jeito, hahaha.

Outro dia, um aluno me adicionou no Facebook. Como ele me achou, não faço ideia, porque nenhum aluno sabe meu sobrenome e não tenho ninguém do trabalho entre meus amigos por lá, então não sei como o G. me achou meeesmo, foi trabalho bom de stalker.

Isso assusta um pouco, não? Ou estou exagerando?


Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top