Conferência em Limerick

/

Um dia qualquer em abril recebi um email da diretora do mestrado (e também nossa professora) sobre uma conferência de Linguística e TESOL (Teaching English to Speaker of Other Languages) na universidade de Limerick. Ela queria saber se tinha alguém interessado em apresentar alguma coisa.

Se você lê o blog, deve lembrar que em fevereiro eu não só participei da minha primeira conferência na Irlanda mas também me apresentei nela - foi uma experiência muito legal, que me abriu portas e também a mente.

Como eu estava na vibe de me desenvolver como profissional aqui, não pensei duas vezes e falei que queria participar. Mandei um resumo da mesma apresentação que fiz no ELT Ireland em fevereiro e esperei a resposta. Em poucas semanas fiquei sabendo que eles tinham aprovado minha proposta e lá estava eu no dia 26 de maio na 2016 Postgraduate Research Conference Of Applied Language Studies, CALS/PhD in TESOL.

Comprei as passagens de ônibus para Limerick uns dias antes - por sorte, a empresa pára no campus, então não precisei me preocupar em chegar lá saindo de alguma estação de ônibus, sabe?


limerick university
No campus da universidade


Como a conferência começava às 9h e pouco, tive que pegar o ônibus das 6h45am - não foi fácil, mas fazer o quê? R. me deu uma carona até a estação de onde o ônibus saía e às 9h da manhã eu estava na University of Limerick.

A universidade lá é enoooooorme, linda, super arborizada, parecia um parque! Com a ajuda do google maps consegui chegar no prédio onde a conferência aconteceria, que obviamente era DO OUTRO LADO de onde o ônibus deixou os passageiros. Andei por uns bons 20 minutos (e andando rapidinho!) e cheguei super esbaforida, mas como eles tiveram uns problemas técnicos, consegui sentar e me recompor.

limerick university
Parece um parque ou não?


O que eu não sabia, até as primeiras apresentações acontecerem, é que TODO MUNDO lá era doutor ou estava fazendo o doutorado. Além disso, eu era a única que não tinha ligação com aquela universidade, então era a única estranha, já que todo mundo lá meio que se conhecia, sabe? De qualquer forma, valeu muito a pena. Primeiro porque os assuntos das apresentações foram interessantes, como uma sobre aquisição de língua do feto ainda na barriga da mãe e a forma como os irlandeses respondem à agradecimentos. Segundo porque eu pude "roubar" um pouco de conhecimento de todo mundo que ali estava, sabe? Sei lá, quando você está na companhia de pessoas assim inteligentes você se sente mais inteligente - eu pelo menos sim! hahaha

No coffee break eles ofereceram chá e café e uns scones gigantes que estavam fresquinhos e deliciosos. O almoço também foi providenciado por eles e eu bati o maior papo com uma americana que está na Irlanda há um ano e pouco.

Minha apresentação correu bem - eu estava um pouco nervosa, mas nada demais. Passou tão rápido que nem percebi!

limerick university
Fiquei apaixonada por esse campus!


No fim do dia eu saí um pouco mais cedo pra dar tempo de pegar o ônibus - o que não aconteceu. Eu me perdi no campus, mesmo tendo google maps me guiando. Na verdade, eu fiz um caminho diferente da ida e num dado momento a rua estava interditada por conta de obras, então tive que dar a maior volta e quando cheguei no ponto, já era mais de 15 minutos após o meu ônibus ter passado. Felizmente há ônibus da universidade vindo pra Dublin a cada meia hora e consegui pegar o próximo.

Cheguei em Dublin super tarde e morta de cansaço e fome, mas feliz. Feliz por não ter medo de arriscar, de meter minhas caras em situações desconhecidas e de estar investindo no meu desenvolvimento pessoal e profissional, principalmente tendo em vista o mercado de trabalho irlandês.

Se valeu a pena? Eu faria tudo de novo! E farei!
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top