Ballycroy National Park

/

No primeiro fim-de-semana de Maio tivemos a oportunidade de finalmente conhecer o último parque nacional da Irlanda que faltava pra minha lista: o Ballycroy National Park, que fica no condado de Mayo.

Essa região foi estabelecida como parque em 1998 e possui 11 mil hectares - é muito, muito grande! Infelizmente, no dia em que estivemos por lá, o clima não estava nada bom. Chovia e ventava muito, mas mesmo assim, fizemos uma pequena trilha de 30 minutos que fica próxima do Visitor Centre.

Aliás, o Visitor Centre foi inaugurado em 2009 e é um prédio muuuito legal. Eles tem exposições que falam sobre a paisagem, flora e fauna do parque todo, além de informação sobre a área de um modo geral. Há algumas sessões interativas (você aperta o botão pra ouvir um pássaro específico ou pra ver um vídeo sobre algum aspecto da vida do interior), além de um café, estacionamento na porta e banheiros.






O que eu mais gostei desse centro foi, sem dúvidas, os vídeos. Tratam-se de assuntos como cozinhando, tricotando, indo à bailes e cuidando da terra sob o ponto de vista de várias senhorinhas e senhorzinhos, sabe? Uma graça e super divertido. Uma delas descreve todo o processo que compreendia a preparação de boxty; uma outra divaga sobre pessoas da região ao invés de falar sobre o tricô que fazia e um casal conta sobre as tradições dos bailes locais e como, durante a época de Quaresma, eles tinham que inventar outros tipos de atividades para se entreter já que as danças eram proibidas durante esses dias.

De lá, seguimos o mapa que a recepcionista nos entregou e fizemos uma pequena trilha, só pra não perder a viagem mesmo. A trilha mais longa, que dá a volta do parque todo, leva 12 HORAS pra ser completa. Haja perna!




O Ballycroy National Park também possui uma grande extensão de um terreno pantanoso chamado de bog - um dos mais intactos do país todo. Além disso, eles tem programas de conservação de várias espécies de animais como diversos pássaros, lontras, etc. Sem contar que o parque ganhou um prêmio de uma associação chamada International Dark Sky Park - basicamente o céu de lá é considerado muito bom para ver estrelas, já que há pouca iluminação artificial por ali.




Enfim, um parque que vale muito a pena ser explorado numa visita ao oeste irlandês. Eu com certeza quero voltar num dia melhor - vamos aguardar a próxima oportunidade, porque de Dublin até lá são umas boas 4 horas de viagem!
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top