Leiden e meu retorno à Holanda

/

A Holanda é um país lindo: tulipas, moinhos, canais, stroopwafels, são muitas delícias a serem conhecidas e apreciadas. Na nossa viagem pra lá em 2015 visitamos o parque Keukenhof, a segunda maior cidade do país, Rotterdam, e a famosa e popular entre os turistas Amsterdã. Eu estava muito a fim de voltar e ver mais de outras cidades pelo país porque tive uma experiência muito boa na Holanda!

Aproveite para ler ou reler os relatos daquela viagem!

A linda Holanda e o maior parque de flores do mundo

Rotterdam, a 2ª maior da Holanda

Amsterdã, uma cidade pioneira

Amsterdã, uma cidade cultural (e liberal)

Amsterdã, uma cidade lotada


No entanto, nós não imaginávamos que voltaríamos tão cedo pra lá - eu havia gostado muito da Holanda, mas as passagens pra Amsterdã nunca são muito baratas. Felizmente, por volta de novembro vimos uma passagem super legal da Aer Lingus e não pensamos duas vezes: fomos visitar a Carol e o Rutger novamente!

Como tínhamos acomodação na casa de amigos, a viagem saiu bem mais barata e super, super agradável e divertida. Sabe aquela coisa de dar risada, conversar até perder a hora e comer comidas gostosas? Pois é. Foi maravilhoso!




Sobre Leiden


Chegamos em Amsterdã cedo num sábado e nossos amigos já nos esperavam no aeroporto (aliás, aquele aeroporto Schiphol é gigante, de dar medo!). Seguimos viagem para a cidade de Leiden, que fica a 30km da capital. O clima não estava muito convidativo, já que fazia frio e até nevou um pouco na estrada.

Leiden é uma cidade de 121 mil habitantes e é uma cidade universitária desde 1575 - a universidade mais antiga da Holanda está lá! Por conta de um declínio econômico que aconteceu a partir do século 17, muito dos prédios do século 16 e 17 ainda estão intactos. Inclusive, Leiden só fica atrás de Amsterdã em termos de preservação do centro histórico do século 17.

Ao chegar na cidade, estacionamos próximo à estação central e fomos direto pro museu Naturalis.

Museu Naturalis em Leiden


O Naturalis é um museu de história natural e um centro de pesquisa acerca de biodiversidade. Há aproximadamente 10 milhões de espécies no museu - entre insetos, invertebrados, mamíferos, fósseis, etc. Além disso há algumas salas interativas onde nos divertimos demais! O museu é bem completo e vale a pena visitar. A entrada para adultos custa €12, mas a Carol tem o museum card que dá direito a visitar diversos museus na Holanda e conseguimos entrar com ele.

museu naturalis leiden holanda

museu naturalis leiden holanda

museu naturalis leiden holanda

museu naturalis leiden holanda

museu naturalis leiden holanda

museu naturalis leiden holanda

museu naturalis leiden holanda


Após passar umas boas horas vendo os animais e brincando com luzes, sons e cheiros na sala interativa, seguimos para o centro da cidade para almoçar. A Carol já havia sugerido que comêssemos uma típica panqueca holandesa, a pannekoek, e sendo assim, paramos na famosa e tradicional Oudt Leyden (que já recebeu até membros da família real holandesa!) para provar essa delícia. O legal é que esse lugar é tipicamente holandês, com várias famílias, casais e até mesmo um grupo de crianças comemorando aniversário por ali.

museu naturalis leiden holanda

museu naturalis leiden holanda

museu naturalis leiden holanda


A panqueca holandesa


É engraçado pensar em panqueca. No Brasil, comemos a bichinha recheada com carne moída ou catupiry; em países como os EUA e Irlanda, comemos uma panqueca mais grossa, sempre com caldos doces; na Holanda, a panqueca é bem fininha, como a brasileira, mas os ingredientes meio que são incorporados na massa (geralmente queijo, bacon, presunto, passas, maçã, etc). Elas costumam ser grandonas (do tamanho de uma pizza normal) e gente.... o negócio é bom, mas é bom demais!

panqueca holandesa


Eles servem a panqueca com um pouco de manteiga por cima, que você consegue espalhar por conta do calor do panqueca. Quando começamos a comer, tanto eu como o R. achamos a massa levinha e pensamos que apesar de enorme, conseguiríamos comer tudo sem problema... bem, alguns minutos depois já não podíamos fazer a mesma afirmação. Eu que sou boa de boca não dei conta de terminar!

Moinho De Valk e etc


A ideia era, depois de comer, visitar um moinho por dentro, já que um moinho em Leiden abre aos sábados para visitação. No entanto, perdemos a hora comendo e não conseguimos entrar. O jeito foi andar um pouco pela cidade e tirar umas fotos por fora mesmo.

leiden holanda

leiden holanda


Nesse dia voltamos para casa cedo, no começo da noite. A Carol fez uma comidinha deliciosa e batemos papo e vimos vídeos engraçados até duas da manhã! Eu e o R. havíamos acordado às 3h no dia anterior para pegar o vôo, então estávamos a 23 horas acordadíssimos. Resolvemos finalmente dormir pois o dia seguinte prometia: conheceríamos a cidade de Haia!
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top