Dolce far niente

/

Tive um semestre bastante ocupado - dando aula em duas escolas, trabalhando o dia todo, corrigindo redações, provas, atividades, preparando aula... Não foi fácil. Tudo o que eu queria era não fazer nada - olhar pro teto e não fazer nada.

E é o que fiz na última semana: nada.

Estava com minha família numa colônia de férias no interior e o máximo que fiz foi acompanhar o pessoal numa caminhada de 5km. Fora isso, ler um livro aqui, ficar na piscina ali, comer, dormir, comer e dormir de novo.


pinheiro pine socorro são paulo interior
Vista da Janela do hotel em Socorro (SP)

Só que não tô acostumada a não fazer nada. 


Acho que ninguém que vive em grandes cidades como São Paulo, na correria, consegue. Já nos primeiros dias estranhei, comecei a me sentir inútil, e até, veja só, culpada.


Ainda tenho 27 dias de férias e todos eles de ócio pela frente. Não posso reclamar!
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top