Amsterdã: parque, sexo e torta de maçã

/

Uma das coisas mais lindas da Europa são os parques - seja no verão, quando eles ficam lotados de pessoas felizes tomando um sol, ou no inverno, com as árvores secas e aquela luz invernal que nada consegue superar.

Tenho gostado muito de conhecer parques em outras cidades além de Dublin e por isso nessa última visita à Amsterdã queria muito conhecer o mais famoso de lá - conseguimos passar um tempinho caminhando e conversando pelo Vondelpark, criado em 1864 e que recebe 10 milhões de visitantes por ano.

O parque é bem grande e achei consideravelmente agitado para uma segunda-feira à tarde de inverno. Pessoas se exercitando, caminhando com seus cães ou cruzando a pista de bicicleta, é um clima delicioso e inexplicavelmente lindo!

vondelpark amsterda inverno


vondelpark amsterda inverno

vondelpark amsterda inverno

vondelpark amsterda inverno


Saímos de lá e voltamos pra região do museu pra pegar um tram que nos levaria pra região onde fica o Museu do Sexo. Nós tínhamos tentado visitar esse museu no ano passado mas ele estava sendo reformado!

Bem, a entrada custa somente 4 euros e... que bom que foi só isso! Não acho que o museu seja interessante, sabe? Eu tava esperando mais história e informações, mas tem mais fotos safadjeeeenhas do que qualquer outra coisa. Aliás, quanta foto pornô nesse museu, cara! São fotos que vão desde 1840 e poucos até os dias atuais, vindas de várias partes do mundo. Não tem censura. O negócio é punk.

museu do sexo amsterda

museu do sexo amsterda

museu do sexo amsterda

museu do sexo amsterda


Tem também uma sessão dedicada à Marilyn Monroe e alguns itens de escultura grega, romana e até egípcia - todas relacionadas ao erotismo e tal. Tem foto do cara com o maior pênis do mundo, foto de gente fazendo sexo em grupo, foto de gente fazendo xixi na cara do outro no sexo... enfim, são poucas referências literárias (Marquês de Sade, Kama Sutra, até mesmo o tal 50 tons de cinza passaram longe!) e históricas. Museu bem fraco!

A última parada do dia que havíamos programado era no tal de Winkel 43, que aparentemente tem a melhor torta de maçã da cidade. Eu não comi outras tortas de maçã em Amsterdã (a rima foi proposital), mas que essa era boa, putz, era demais. Claro que só valeu à pena pela torta em si, já que o lugar é pequeno e tava muito cheio. A música era alta e como tinha muita gente, era taaaanto barulho que mal dava pra conversar, pra curtir a torta em paz, sabe?

winkel 43 torta de maca amsterda


A torta era boa? ô! Já comi várias tortas de maçã nessa vida e essa do Winkel 43 certamente entra na lista das melhores. Crocante e deliciosa!

Enfim, essa segunda visita à Amsterdã foi tão boa, mas tão boa que eu mal vejo a hora de visitar a Carol de novo e de novo e de novo. Ainda há muitos museus e lugares para serem explorados, mas vamos esperar eles retribuírem a visita aqui em Dublin antes de embarcar mais uma vez pra Holanda! :)
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top