Cinemateca #8 - filmes latino-americanos

/

Cinemateca edição número 8 na área e ganhamos uma participante! A Aline, do Nuviando.

O tema desse mês era filmes latino-americanos e sem querer eu acabei vendo um filme que se encaixava.



É que um dia desses, não sei porquê, lembrei que queria muito ver o tal do "Relatos Selvagens". Na época do lançamento todo mundo na minha timeline do facebook viu o filme e falou maravilhas dele. Eu fiquei a ver navios aqui na Irlanda, já que não há uma demanda aqui por filmes argentinos, né? O jeito foi esperar pra poder baixar na internet. Eu sei que é ilegal, mas se eu pudesse ter pago pra ver esse filme, eu juro que teria pago!

Desculpas à parte, baixei o filme e vi com o R. e só depois lembrei que o tema desse mês era filmes latino-americanos, então meu subconsciente ajudou bastante! :)




"Relatos Selvagens" é uma espécie de colagem com várias histórias que envolvem tragédias, violência e ironias. Não quero dar muitos spoilers, mas é daquele tipo de filme que você nem vê passar o tempo de tão envolvido e curioso que fica! Os seis segmentos falam de diversos assuntos como passageiros num avião que descobrem conhecer a mesma pessoa, garçonete se vingando de um homem que ela reconhece no lugar onde trabalha, uma briga entre dois homens numa estrada, um engenheiro que tenta lutar contra o sistema de multas em sua cidade, um milionário que tenta culpar outra pessoa por um crime cometido por seu filho e a uma noiva que descobre, na festa de casamento, que seu noivo a traiu.

Eu sou suspeita porque gosto do Ricardo Darín de filmes argentinos e sabia que ia gostar desse. Estava com as expectativas altas e não me decepcionei - dei risada, me choquei, me surpreendi... o filme mexeu com minhas emoções de uma forma bem legal.

As histórias são contadas com altas doses de humor negro e até mesmo com uma certa não-civilidade, sabe? A maneira como os personagens se relacionam em algumas histórias é surreal.



Meus segmentos preferidos foram a do engenheiro (com o Darín <3) e a da noiva, que parece ser um consenso geral mesmo. De todo mundo que comentei a respeito do filme e das resenhas que li, essa parece ser a preferida de todo mundo. E não é à toa: a atriz que interpreta a noiva rouba a cena de um modo muito avassalador!

E pra finalizar... eu sei que o cinema brasileiro é excelente e tem produções incríveis, mas os argentinos parecem estar muito à frente nesse quesito. A maneira como seus diretores e roteiristas conduzem a história, como desenvolvem seus personagens... não tem pra ninguém! You go, hermanos!



----------------------------------------------------------------------------------

Confira as postagens das outras participantes!

Aline: http://nuviando.blogspot.com.br/

Carol: http://ideiasortidas.blogspot.ca/ 

Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top