Preparação para o CPE - parte IV

/

No que se refere à preparação para o exame de proficiência de Cambridge, já falei do Paper 1 (Use of English e Reading), Paper 2 (Writing), e Paper 3 (Listening) mas faltou falar do último paper: o Speaking.

A parte oral da prova acontece num dia separado do restante e isso significa que você pode fazer essa parte tanto antes como depois do exame escrito. No entanto, para a minha surpresa, hoje saíram as datas dos exames orais e o meu caiu no mesmo dia da prova escrita! Pra ser sincera, até prefiro, porque aí não perco mais que um dia de trabalho tendo que ir até à UCD pra fazer a prova.

O speaking tem 3 exercícios principais. Ele é feito em pares (ou trios) e as notas são individuais apesar de haver interação entre os candidatos durante a prova.


A primeira parte consiste em perguntas pessoais. O examinador vai fazer perguntas do tipo "você mora com a sua família?", "como você administra seu tempo livre?", etc. O lance aqui é você responder de maneira mais detalhada, ao invés de "sim" ou "não".

Até aí, beleza, tranquilo.

A segunda parte já tem interação: o examinador mostra algumas figuras que são de alguma forma relacionadas e pergunta coisas sobre elas. Essa parte dura uns 3 ou 4 minutos e também não acho tão difícil. Se o assunto for familiar pra você acaba ficando mais fácil de descrever as figuras e responder as perguntas do examinador. Só tem que tomar cuidados pra não dominar a conversa ou deixar o outro candidato dominá-la. É que tem um aspecto da sua nota chamado social interaction e dentro desse aspecto o examinador vai analisar sua capacidade de ouvir, de dar oportunidade do outro falar, de ponderar e levar em consideração o que o outro falou, etc.

A última parte do exame é pra mim a mais foda: o examinador vai te dar um cartão com uma pergunta e três tópicos que vão te ajudar a responder aquela pergunta e você tem que falar sobre aquilo por 2 minutos. O problema é que você não tem absolutamente preparação nenhuma - pode ser qualquer pergunta de qualquer assunto - geralmente coisas bem abstratas. Enquanto você está falando, o outro candidato tem que prestar atenção porque ele vai ser perguntado em relação ao seu "discurso".

Após os dois candidatos falarem sobre seus respectivos temas, o examinador fará mais umas 2 ou 3 perguntas gerais sobre os assuntos do terceiro exercício e pronto. É isso! No total a prova tem duração de uns 15 minutos. Passa muito rápido mas eu fico muito nervosa porque além de você ter que dizer coisas relevantes, tem que usar vocabulário e gramática apropriados (leia palavras sofisticadas que ninguém usa no dia-a-dia), ter pronúncia compreensível e falar as coisas de
maneira clara e coesa, com começo, meio e fim.

São dois examinadores: o que interage com os candidatos e um que fica atrás fazendo anotações.
O que interage vai dar uma nota geral (de 1 a 5), enquanto o outro examinador vai avaliar outros quesitos mais especificamente - pronúncia, conteúdo, gramática e vocabulário e interação (cada item vale de 1 a 5). Sobre isso, achei informações interessantes no site da Cambridge: http://www.cambridgeenglish.org/images/cpe-examiner-comments.pdf (em especial a terceira página, que é a que descreve o critério de nota).

Quando eu fazia o curso de CPE na Cultura Inglesa, na época em que eu trabalhava lá, o professor focava muuuuuito na questão de vocabulário e gramática sofisticadas, coisa que o meu professor do curso preparatório aqui na Irlanda nunca falou sobre. Pelo contrário: ele sempre elogiou as alunas da turma e enfatizou que todas nós nos expressamos muito bem e tal. Nunca falou que temos que usar uma voz passiva, uma inversão, um subjuntivo durante o exame. Eu fico meio dividida porque sei que os examinadores estão esperando um inglês que seja mais do que o arroz e feijão, mas meu professor aqui não foca muito nisso... de qualquer modo, tenho que tentar usar o meu inglês mais incrível e sofisticado!

Sendo assim, pedi várias dicas pra váriossss amigos professores sobre palavras e expressões específicas que eu posso tentar usar no speaking e tô tentando me manter focada pra não usar um inglês muito ralé. Nos simulados que fizemos em sala eu consegui fazer as tarefas mas sempre dou uma travada no último exercício. Na verdade, é muito difícil você ser reprovado nessa parte do exame, sabe? Pelo menos uma notinha mínima pra passar você consegue - e eu pessoalmente acho que isso é mais fácil de conseguir aqui, já que apesar dos examinadores de Cambridge terem o mesmo treinamento, os examinadores brasileiros são muuuuito mais exigentes e eu diria até injustos com as avaliações. Nós brasileiros somos muito picky na correção de outros brasileiros, enquanto os gringos são muito mais suaves e relevam as falhas com muita mais tranqüilidade.

No próximo post da série eu vou contar como foram os últimos dias de aula no curso preparatório - o simulado completo que fizemos em sala e minhas expectativas para a prova.

ps.: Nesse link tem a descrição completa dessa parte do exame e alguns exemplos e dicas excelentes!
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top