50 curiosidades sobre a Irlanda

/

Eu amo esses posts de curiosidades com opiniões e percepções de brasileiros que moram fora, sabe? Desses bem listinha mesmo, tipo 25 coisas que você não sabia sobre o lugar X ou 60 impressões de uma brasileira sobre o lugar Y.

Aí que resolvi que queria fazer um também. Mas cara, depois de 3 anos de Irlanda, foi MUITO DIFÍCIL sentar e pensar em 50 coisas que seriam consideradas novas ou curiosas pra quem não mora aqui. Esse tipo de coisa é muito mais fácil de ser observada quando somos novos no lugar, quando tudo é novidade, quando qualquer coisa é motivo para compartilhar com os amigos.

O fato é que depois de semanas pensando em possíveis tópicos, acho que consegui reunir algumas informações que talvez eu nunca tenha compartilhado no blog. A maioria  é da minha cabeça (devo ter checado uma ou outra coisa na internet só pra garantir), portanto, não tome nada dessa lista como verdade absoluta, ok? E um ps.: todas as fotos desse post são de minha autoria.


curiosidades sobre a irlanda


1. Os estereótipos relacionados aos irlandeses e bebidas não são tão estereótipos assim: eles (e elas) realmente bebem muito!

2. A vida gira em torno do pub. Não tem churrascaria, pizzaria, reunião no shopping. Aqui o lugar pra encontrar amigos é no pub.

3. Aliás, pub é um conceito bem diferente do de "bar" que temos no brasil. Aqui até as famílias comemoram eventos no pub, inclusive levando crianças e bebês também.

4. As festas costumam acabar umas 2 ou 3 da manhã (depende do pub e da cidade). Geralmente acendem a luz do pub e param de tocar a música, assim mesmo, na cara dura, no maior “hora de ir embora”.


5. As irlandesas não costumam querer saber o sexo do bebê quando grávidas.

6. Não se fura a orelha de bebês quando recém-nascidas.

7. Os pais irlandeses costumam empurrar os filhos no carrinho até os filhos serem bem grandinhos, sabe? Nunca vi criança maior que 2, 3 anos no Brasil andando de carrinho. Aqui já vi uns grandões de 7, 8!

8. Os casamentos irlandeses duram hoooooras, a começar pela missa na igreja no início da tarde, passando por drinks, jantar, banda e DJ até o amanhecer.

9. A maioria das escolas na Irlanda é controlada pela igreja católica; logo, para conseguir uma vaga para o seu filho na escola ele deve ser batizado na mesma.

10. Muitos pais batizam seus filhos puramente por motivos de: escola. As novas gerações não são mais tão católicas como antigamente.

11. Irlandeses se referem a qualquer tipo de negócio como 'shop' ou 'shops' (mesmo que estejam indo a uma loja só).

Shops


12. As mães irlandesas costumam chamar seus filhos de 'love' ou 'pet'.

13. Aqui na Irlanda você obtém uma licença para dirigir antes mesmo de fazer a prova, desde que esteja com um motorista que tenha habilitação junto com você e que tenha uma placa com a letra L (learner) no carro.

14. Se você precisa passar no dermatologista ou ginecologista (ou qualquer outra especialidade), tem que ir num GP (general practitioner) antes e só depois dessa primeira consulta ele pode te encaminhar ou não. Uma consulta pode custar 50 ou 60 euros.

15. Arroz e feijão dos irlandeses são legumes cozidos com batata, mas também tem feijão aqui.

16. Café da manhã irlandês é chamado de 'fry' e contém feijão adocicado, torrada, pudding, linguiça, ovos fritos... É uma bomba calórica, mas uma delícia!

Essa foto já apareceu aqui no blog, mas... nunca é demais!


17. Não se encontra muitos biscoitos rechecados no mercado como encontramos no Brasil.

18. A maioria das pessoas compra carne no mercado (diretamente da prateleira mesmo); pelo menos no Brasil a maioria das pessoas que conheço compra no açougue!

19. As frutas aqui não são das melhores: pelo fato de muitas serem importadas do Brasil, Costa Rica, Egito, etc., elas chegam verdes, mas não tem a temperatura/sol adequados pra ficarem maduras! As únicas frutas que não tem erro são bananas, maçãs e frutas vermelhas, como morango (não é doce, mas também nunca encontrei muitos morangos doces no Brasil).

20. Água da torneira é potável, mas confesso que prefiro água mineral.

21. As pessoas sempre agradecem o motorista do ônibus ao descer.

22. Os alunos chamam os professores de Miss/Mrs/Mr e sobrenome, e não de "teacher" - se eu trabalhasse no ensino regular por aqui, seria chamada de Miss Hernandes.

23. Os irlandeses aprendem irlandês desde o Junior Infants (pré-escola) até o final da vida escolar (juntamente com inglês e matemática).

24. Ensino médio aqui é diferente do ensino médio brasileiro: após três anos do início do mesmo (entre 14 e 16 anos) os alunos fazem um exame chamado Junior Certificate. Após esse exame os alunos podem optar por ter um transition year, que foca em expandir os horizontes e envolve os alunos com coisas menos convencionais como aulas de teatro, obras de caridade, como produzir uma revista, etc. Caso o aluno não opte pelo transition year, ele segue mais dois anos e ao final de tudo presta o exame chamado Leaving Certificate.

25. O currículo nacional no ensino médio contém em torno de 30 disciplinas diferentes, mas nem todas as escolas oferecem todos. Entre eles estão coisas como diversas línguas (espanhol, alemão, russo, etc.), ciências aplicadas (engenharia, economia, etc.), ciências de laboratório (física, química, biologia, agricultura, etc.), artes (música, geografia, educação religiosa, etc.), negócios (business, economia, etc.). Eu adoraria ter feito o ensino médio por aqui!

26. As mulheres irlandesas usam muita maquiagem e costumam usar base em tons mais escuros do que o de sua própria pele.

27. A temperatura na Irlanda é bem temperada - nem muito quente no verão nem muito frio no inverno (em comparação com outros países na Europa).

28. Aqui também tem enchentes, principalmente em Dezembro e Janeiro, quando chove muito.



29. Irlandeses amam a arte de enviar cartões (aniversário, natal, casamento, agradecimento, etc.), mas quase nunca escrevem no mesmo. É só um 'oi' e assinam o nome no final.

30. Muitos irlandeses dão como lembrancinha no aniversário uma cartela de jogos de sorte, tipo esses que você raspa pra ver se ganhou o prêmio, sabe?

31. As casas na Irlanda são muito barulhentas - você escuta as pessoas andando no andar de cima da casa, além da escada rangendo quando alguém está subindo ou descendo.

32. O centro de Dublin é muito multicultural: você escutará muito português, espanhol, italiano, polonês, etc.

33. Os irlandeses tem excelente senso de humor e adoram fazer piada de si mesmos. Os comediantes irlandeses são ótimos!

34. A Irlanda é pequena, mas tem uma variedade enoooorme de sotaques: às vezes numa mesma região é possível encontrar variações. Não se deixe enganar pelo sotaque "irlandês" que você vê nos filmes de Hollywood!

35. Muitas expressões utilizadas pelos irlandeses têm influência do irlandês, como a construção "to be after + verbo com -ing" pra dizer que algo acabou de acontecer ("I'm just after calling him" = "I've just called him") ou o uso do verbo "have" ao invés de "speak" pra dizer que alguém fala uma língua ("She has some Spanish" = "She speaks some Spanish").

36. Já ouvi muitas expressões engraçadas que jamais teria conhecido se não tivesse morado aqui - "to be away with the fairies" (pra dizer que alguém tá distraído, viajando na maionese), "all over the shop" ("all over the place", pra dizer que algo está incorreto ou inadequado), "in this neck of the woods" (usada pra falar sobre uma região específica) só pra citar algumas.

37. Se um homem irlandês diz que está indo ao pub pra beber com os amigos, fique tranquila, amiga: ele só está indo beber com os amigos mesmo, nada de flerte e mulheres envolvidas.

38. É comum os irlandeses e irlandesas terem despedidas de solteiro (aqui chamadas de hen e stag party) em outra cidade na Irlanda ou até mesmo outro país.

39. Aqui existem diferentes empresas que oferecem o serviço de eletricidade, então você não fica escravo de uma só!

40. O transporte público em Dublin é bem fraco se comparado com outras capitais europeias - não vamos nem entrar no mérito do resto do país então!

41. Os banheiros e cozinhas não têm ralo, então nada de sair esfregando tudo com água porque depois não tem pra onde ela escorrer! O negócio é passar pano ou mop com água fervente e ela evapora rapidinho, deixando o chão seco e limpinho!

42. Por conta do cigarro ser caro por aqui, muita gente compra sua erva (sei lá o que é aquilo) e enrola seu próprio cigarro.

43. Nunca conheci nenhum irlandês que gostasse de coco. O chocolate Bounty, que seria um Prestigio, é sempre ignorado nas caixas de chocolate sortidos.




44. O nome do meio do irlandês é sempre um nome escolhido, geralmente em homenagem a algum avô/avó. O sobrenome acaba sendo o do pai, então o nome da pessoa é primeiro nome + middle name (que nunca é usado pra nada) + sobrenome.

45. Existem pouco mais de 11 mil brasileiros na Irlanda (da população total da Irlanda, menos de 1%). No entanto, depois dos irlandeses, a nacionalidade mais presente aqui é a polonesa (mais de 122 mil).

46. Atualmente, 1 em cada 6 irlandeses moram fora do país. Aliás, os irlandeses são famosos por pularem do barco quando a situação aperta, vide crise econômica e outras, como a Grande Fome.

47. Quando a Grande Fome aconteceu por aqui (por volta de 1845) a população sofreu um declínio muito grande. Dizem que um milhão emigrou pros EUA, outro milhão morreu. Os números não são certos, mas o fato é que a população, que era de 8 milhões, caiu pra menos de 5 e ainda não se recuperou.

48. Por conta da alta onda imigratória de irlandeses nos EUA, atualmente mais de 41 milhões de americanos dizem ter ancestrais irlandeses! Ah, todos os presidentes americanos também.

49. Os irlandeses, no geral, não parecem ligar muito pra saúde dos dentes. Escovar após cada refeição como fazemos no Brasil, não mesmo!

50. Os esportes gaélicos (conhecidos como GAA) são extremamente populares e todo mundo vai ao estádio ou assiste na TV quando tem jogo de hurling (jogado com uma bolinha e vários tacos de madeira) ou futebol gaélico (um futebol onde é permitido segurar a bola com as mãos também). Esses esportes não são oficiais e os jogadores não ganham pra isso – são pessoas normais que tem empregos e que simplesmente jogam por prazer ou pra representar seu condado/região.

hurling, irlanda, ireland, croke park
Hurling


Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top