Retrospectiva 2019

/

Mais um ano que termina, e dessa vez, não só o fim do ano como o fim da década! Estou chocada que entraremos em 2020, um ano que parecia tão longínquo quando era mais nova.. mas é assim, a vida vai passando, e a Barbarella continua viva pra contar história e registrar no blog.

Falando em blog... esse ano eu postei muito, muito menos por aqui. Só pra efeito de comparação: comecei o blog no fim de 2012 e foram 20 posts naquele ano; em 2013, 244 posts; em 2014, 220; em 2015, 143 posts. E vejam como só foi diminuindo: em 2016, 120 posts; em 2017, 90; em 2018, 72 posts e nesse ano, até o presente momento, apenas 25!!! É uma queda gradual, e eu entendo isso de uma maneira muito natural: a vida foi ficando cheia, a novidade de ter me mudado pra Irlanda já não era tão novidade assim, e fico aqui na dúvida se em 2020 consigo superar a marca dos 20 e poucos posts escritos ou não.

Mas de qualquer forma, eu amo escrever aqui, e ainda que poucas pessoas leiam o que tenho pra dizer, sou muito grata a todos que me acompanham aqui há tanto tempo e também há pouco. Sou grata principalmente pelas inúmeras amizades que fiz através do blog, e esse é um dos motivos principais pelos quais eu não largo desse meu espaço na internet.

Agora, chega de conversa e bóra falar de 2019?

Fonte



Esse foi um ano cheio e vazio ao mesmo tempo. Difícil explicar, mas apesar deu não ter trabalhado full-time o ano todo, eu me senti super atarefada, e acho que devo isso ao fato de agora morar bem mais longe do trabalho. Foi um ano de adaptação certamente.

Em janeiro nos mudamos pra nossa casa nova e passamos semanas indo atrás de coisas pra casa - tanto coisas grandes, como cama, sofá, etc., como coisas pequenas, tipo pratos, copos, cadeiras. Se mudar pra uma casa nova significa ter que comprar absolutamente tudo!

Fevereiro continuou na mesma vibe. Praticamente todo fim de semana era uma visita a uma loja de móveis, fora o tempo que passamos montando os móveis também. Tudo muito animador porque tem aquele empolgação de ter a sua casa, suas coisas.... mas ao mesmo tempo, aquele ajuste à rotina nova. Foi nesse mês que comprei minha bicicleta nova, que é uma bike elétrica, pra me ajudar nos 30km diários. Também peguei muito transporte público esse ano porque às vezes o clima não colabora e não dá pra pedalar tanto tempo debaixo de chuva, mas de modo geral eu tô curtindo a bike e aproveito essas duas horas do meu dia pra mandar e ouvir mensagem de áudio pra/de amigos e também pra algo novo que descobri esse ano: podcasts!

Em março continuamos na mesma rotina de lojas, montar móveis, pendurar coisas na parede, etc.

Abril foi o mês que fomos ao Brasil! Eu não ia há pouco mais de um ano e foi maravilhoso porque viajamos bastante. Primeiro porque na ida fizemos uma parada de 4 dias em Nova York e foi lindo realizar o sonho de conhecer essa cidade. No Brasil estivemos bem ocupados, não tive muitos dias em São Paulo e todo dia era dia de encontrar alguém, ir no médico (eu ainda tava com a alergia do ano anterior)... no fim, aproveitamos muito, vi muita gente, e demos uma escapadinha pra Belo Horizonte pra encontrar amigos. Aproveitamos também e fomos a Pernambuco com minha mãe pra visitar família lá, e emendamos com uma parada em Maragogi, já que eu ainda não conhecia o estado de Alagoas. (e só agora me dei conta de que ainda não falei sobre essa viagem no blog, afff)

Na volta do Brasil fizemos um dia de escala em Washington, e voltamos super cansados dessa viagem de férias!

Sítio dos meus avós no interior de PE

Uns dias de praia em Maragogi, AL

Uma paradinha na capital dos EUA


Maio foi aquela volta à rotina, e o trabalho começou a ficar bem cheio - cobri professores, fiz horas a mais, mas me senti feliz de estar de volta em casa, fazendo o que gosto. Esse ano todo foi muito positivo no trabalho aliás! Recebi muito feedback bacana de vários alunos, alguns que até me fizeram chorar. Me senti muito especial e importante fazendo o que faço, e isso me deu um gás pra seguir feliz praticamente o ano todo!

Junho foi um mês cheio, porque apesar de não ter aceitado aquele emprego de coordenadora de verão novamente, acabei dando muita aula pra compensar uns dias que eu pedi de folga pra viajar. Fui com o Rick pro Reino Unido e vimos o show das Spice Girls em Londres e dos Backstreet Boys em Birmingham! No mesmo mês fui pra Alemanha visitar meu irmão que está morando lá temporariamente e no fim de Junho ainda fomos pra Sicília pra um evento de família, e foi lá que o R. me pediu em casamento!

Visitando meu irmão em Mainz, perto de Frankfurt


Em junho também fiz uma prova de B2 em italiano, e recebi o resultado alguns meses depois: passei! E passei com uma nota super boa, então fiquei bem contente. Agora não sei se vou continuar estudando pra subir de nível, mas pelo menos faço aula online 1x por semana para manter o que tenho. Pro ano que vem tô pensando em estudar outra coisa, vamos ver!

Julho foi outro mês cheio, porque de repente tínhamos que começar a pensar no casamento: onde seria, como seria, o que faríamos... fora que as coisas da casa continuavam, ainda estávamos longe de ter os móveis, de pintar as paredes, de decorar... o processo é longo e caro, e fomos fazendo tudo aos poucos.

Em agosto recebemos a visita do meu irmão que ficou em casa uns dias e aproveitamos pra fazer uns passeios pela região. Também fomos pra Holanda visitar amigos e conhecer a filhinha da minha amiga Carol, e apesar de termos feito uns passeios por lá, fiquei feliz de apenas passar tempo com eles!

Numa cidadezinha holandesa


Setembro e outubro foram meses normais, não viajamos, não fizemos nada de especial. Continuamos na rotina de arranjar coisas pra casa e planejar o casamento, e nesse meio tempo arrumamos um dia pra fazer umas fotos com minha amiga J. só pra registrar o noivado. Nem preciso dizer que amei demais, né?!

Novembro e dezembro pra gente são sempre meses muito cheios porque tem aniversário do R., o meu, Natal... E a gente tinha muita coisa pra terminar em casa porque minha mãe e irmão vinham pro Natal esse ano. No fim, nem cortinas em casa temos ainda, mas isso é o que menos importa no momento! Corremos pra lá e pra cá com preparativos, presentes, coisas do casamento... e termino o ano com a sensação de dever quase cumprido, rs.

Fotos lindas feitas no Jardim Botânico em Dublin


Ah, ainda em novembro participei da minha primeira despedida de solteira da vida (fomos passar uma noite em Galway) e fomos no casamento da minha amiga N., que conheci através desse humilde blog! Fiquei muito feliz porque o casamento deles foi liiiiindo e eu tive a honra de fazer uma leitura na cerimônia!




Ano que vem será maravilhoso, tenho certeza, mas sei também que teremos muito trabalho e muita coisa pra fazer, então que venha 2020 que estou empolgada com essa nova década!

Feliz 2020 pra todo mundo que lê o Barbaridades! Obrigada por estar aqui mais um ano!
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top