Dirigindo na Irlanda #3

/

A última vez que falei sobre dirigir aqui faz quase um ano. Um ano! Como o tempo consegue passar tão rápido sem a gente perceber? O fato é que eu enrolei muito nesse lance de aprender a dirigir. Não no panorama geral da vida, mas desde que tomei a decisão de tirar minha habilitação na Irlanda (em 2016), eu ainda nem prova prática fiz. Demorei pra marcar a prova teórica, depois demorei mais ainda pra começar as aulas práticas... Mas evoluí muito e queria contar a quantas anda essa história pra deixar registrado.

Comecei as aulas práticas em setembro de 2017. O meu instrutor era muito bonzinho e paciente, e apesar de ser bastante ocupado, consegui fazer as 12 aulas obrigatórias em uns 3 meses.

Nesse meio tempo eu praticava um pouco com o R., mas a verdade é que como dezembro foi um mês muito corrido por causa do meu aniversário de 30, ida ao brasil e tal, quase não peguei no volante. Quando voltamos em janeiro ainda dirigi um pouquinho pelo bairro pra praticar mais, mas como ficamos 6 semanas viajando pela Ásia, me afastei do carro novamente.

Fonte



Em abril, quando voltamos, eu tava decidida a fazer duas coisas: marcar a minha prova prática para após o verão e pegar no carro em qualquer oportunidade pra aumentar o meu "banco de horas". Foi indo maio, junho, julho, e quando foi agora no comecinho de agosto, achei que era a hora. Existe uma fila de espera bem grande pra quem quer fazer a prova prática - em torno de 10 semanas. Então eu tava bem tranquila que marcando a prova em agosto teria mais uns 2 meses e meio pra praticar!

No momento estamos assim: sempre que vamos ao mercado quem dirige sou eu, e ultimamente demos umas voltinhas pra outros lugares comigo no volante também. Um fim-de-semana desses tava fazendo um lindo dia de sol e resolvemos passear pra algum lugar perto de Dublin - achamos um castelo e fomos. Claro que o percurso foi bem mais longo do que o normal porque não tenho permissão pra dirigir em estradas principais, então fui indo pelas national roads, passando por várias cidadezinhas até chegar. No total, foram 2 horas e meia dirigindo e eu me senti vitoriosa!

Fonte


Eu tenho amado dirigir, de verdade. Me sinto tão independente, tão adulta. Fora que eu realmente tenho gostado de estar no controle de um carro, apesar de que os pés doeram muito nesse dia que fiquei 2 horas e meia no acelerador. No entanto, a sensação positiva é muito grande! Não tenho medo nem insegurança, mas ainda fico apreensiva em momentos ou situações com as quais não estou acostumada, como fazer uma ultrapassagem ou voltar pra 4ª marcha depois de estar usando a 5ª.

Meu plano para o mês de setembro é fazer algumas aulas com instrutor novamente pra treinar pra prova, fazer uns simulados e me sentir mais confiante. Não tenho pretensão de passar de primeira porque sei que é difícil e conheço gente super boa que não passou de primeira. Então assim, é claro que eu quero passar, mas se não passar, ok.

Agendei a prova no site, paguei a taxa de 85 euros e recebi o e-mail de confirmação. Agora espero eles entrarem em contato novamente, que deve ser mais ou menos um mês antes da prova confirmando o dia e horário. Acabei escolhendo pra fazer a prova em Finglas, que é perto de onde eu moro.

Da próxima vez que eu falar sobre direção aqui, espero que seja pra dizer que passei na prova e estou belíssima com minha habilitação irlandesa!
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top