5 coisas que prefiro fazer no Brasil

/

Não é segredo pra ninguém eu eu adoro morar na Irlanda, mas não porque eu não goste do Brasil - pelo contrário, eu amo o meu país. Agora, a minha cidade, o lugar onde nasci e me criei, aí a história muda um pouco. São Paulo é uma cidade muito complicada, difícil de lidar, e infelizmente acho que a gente não se entende mais.

No entanto, apesar deu curtir muito Dublin e o que a Irlanda tem pra oferecer de modo geral, tem certas coisas, que, desculpe aê, mas só dá pra fazer no Brasil. Quer dizer - até dá pra fazer aqui, mas na terrinha é muito melhor. Nas férias de 2016, passamos três semanas por lá e deu pra matar a saudade de muita coisa que se faz muito melhor por aqueles lados, quer ver só?


#1 Comer pizza


Cara, a pizza aqui é muito ruim. Claaaaro, se você vai num restaurante bacana, italiano e tal, você vai achar pizza de qualidade. Tem um restaurante chamado Wallace's Taverna, pertinho do shopping Jervis, por exemplo, que tem uma pizza excelente! Masss, pizza pra pedir em casa, tipo delivery, puta merda, é um horror. Seca, dura, poucas opções de sabores, uó. Não tem nem comparação com as pizzas da minha querida São Paulo com suas mil e uma opções de sabores e muito catupiry, claro!




#2 Ir ao karaokê


Eu já pesquisei, pesquisei e nada encontrei. Atualmente, só existe um lugar na cidade que dá a possibilidade de você alugar uma sala somente pra você e seus amigos, sabe? De resto, um ou outro pub faz um karaoke night, mas aí pra todo mundo que tá no pub, ou seja, não é tão íntimo. Queremos mais salas individuais de karaokê por aqui!



#3 Comprar shampoo sem sulfato


De modo geral, eu prefiro comprar cosméticos e produtos de beleza aqui - tenho acesso à várias marcas bacanas, lançamentos legais, etc. Recentemente comecei a usar shampoos sem sulfato, já que tinjo o cabelo e usar shampoo normal é de chorar, já que você vê toda a tinta rosa indo embora pelo ralo toda vez que lava o cabelo. O shampoo sem sulfato não desbota tanto a cor, então acaba valendo a pena, sabe? No entanto, shampoo desse tipo aqui é caríssimo. O que eu usava custa coisa de 15 euros por 250ml - muito caro, apesar de ter durado uns 4 meses.

No Brasil, acabei comprando muitos shampoos da marca Phytoervas sem sulfato e também alguns na loja Meu Cabelo Natural, que fica no centro de SP e vende váááarios produtos mais natureba e também pra quem faz low poo/no poo. Não tem nem comparação a diferença de preço e o tanto que economizei, mesmo comprando vários!

#4 Andar de avião


Ahhhhhh, que maravilha que é andar de avião no Brasil. Tudo bem que viajar na Europa é mais barato, mas em compensação, o conforto é zero. Aviões apertadíssimos, vôos barulhentos, comissários vendendo mil coisas o vôo inteiro e nada incluso no valor da passagem, claro. Em compensação, voamos de Tam e Azul nessa última ida ao Brasil e ambas foram excelentes - assentos confortáveis, vôos extremamente silenciosos, uma maravilha! Sem contar os lanchinhos - que ok, não foram uma super refeição, mas como fizemos vôos curtos de todo modo, mataram bem a fome.



#5 Comprar esmaltes


Óbvio que esse item não faltaria por aqui! Eu sou esmalteira mesmo, viciada nos vidrinhos (mas não cheiro nada, só passo na unha mesmo!) e não consigo parar de comprá-los, mesmo já tendo, sei lá, uns 150 esmaltes? Se bem que pra quem já teve mais de 300, isso não é nada, certo? CERTO?

Esmalte aqui é muito caro. Claro, tem marcas maravilhosas, mas pagar 5, 7 euros num vidro não dá. Em compensação, o Brasil produz esmaltes igualmente maravilhosos com preços bons - principalmente pra mim, que viajo com euros e compro em reais. Dessa vez não fiz a louca e comprei apenas uns 10! #vitória

E você, o que mais gosta da sua cidade/país?
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top