De volta à vida "normal"

/

 Ai, gente. Minha quarentena acabou! Desde março, depois daquele pronunciamento do primeiro-ministro onde ele dizia que escolas deveriam fechar, estou em casa. Nas primeiras semanas eu realmente só saía pra ir ao mercado uma vez por semana, e tirando as duas semanas em que fui temporariamente desligada da empresa (laid off), eu venho dando aula online há meses - 5 pra ser mais exata!


Confesso que não amo a ideia de aula em grupo online, mas era necessário. E como bons seres humanos que somos, me adaptei relativamente rápido e logo tava fera em usar diversos recursos (com parcimônia) e tentar dar a melhor aula que eu poderia - mesmo à distância.


Só que todo carnaval tem seu fim, e a pressão pras escolas de inglês voltarem tava grande - muitos alunos estavam insatisfeitos com aulas online (porque afinal de contas, pagaram por aulas presenciais), e acho que no geral os donos/diretores queriam voltar as atividades o mais rápido possível.

Estavam estudando maneiras seguras, protocolos e isso e aquilo, mas a verdade é que eu particularmente não gostaria de voltar agora - me sinto muito insegura não só por estar exposta a um monte de gente no prédio, alunos na sala... mas principalmente porque as aulas em si serão muito diferentes do que uma aula de inglês geralmente é: vai ter 2 metros de distância entre alunos na sala, eles não poderão trocar de lugar... os intervalos serão feitos também em sala. Além disso, todo mundo estará de máscara/visor. Gente, aula de inglês de máscaraaaaa!


Além disso, tem todo um lance de horários diferentes, marcação nos corredores, enfim, um monte de procedimento de segurança e eu tenho minhas dúvidas do quão seguros eles realmente são. Eu amo a sala de aula, amo estar com os alunos, mas se é pra estar assim, eu honestamente prefiro continuar online - pelo menos no online consigo dividir as pessoas em grupo, ficar próxima deles. Presencialmente isso não acontecerá.


Sem contar que eu não pedalo há quase 6 meses - preciso dar uma geral na bicicleta, levar pra uma revisão, e sinceramente, já não tava muito animada com essa história de ir e voltar pro trabalho de bike (essa história fica pra outro post). Como não fiz nada disso, no começo precisarei usar o transporte público mesmo.


Fora isso, percebi que nos últimos 5 meses eu não fiz nem metade dos meus grandes planos de quarentena: 


✅ limpar sapatos 
✅ fazer limpa nas roupas
✅ aprender lettering (comecei um pouco em abril mas depois parei)
✅ pendurar quadros nas paredes de casa
✅ comprar coisas na casa que estavam faltando
✅ estudar italiano (continuo fazendo 1h semanal com professora particular)
✅ estudar irlandês (comecei em março e tava colocando muitas horas nos estudos - o ritmo diminuiu mas continuo fazendo aula semanalmente)
✅ fazer aula de canto (fazendo 1x por semana e amando!)
✅ ❌ começar terapia (sim, passei por duas terapeutas diferentes e não gostei, vou dar uma pausa)
✅ ❌ pesquisar sobre meus antepassados (eu passei HORAS em março indo atrás disso, consegui alguns documentos de bisavós e tudo, mas ainda não foi nem metade do que eu queria - com pandemia, cartórios estavam mais restritos)
✅ ❌ arrumar roupas (mandar pra costureira, costurar botões eu mesma, etc) (levei algumas peças na costureira, mas ainda tem coisa que preciso arrumar eu mesma)
✅ ❌ me manter em contato com amigos no Brasil e aqui na Irlanda (em março e abril eu tava exemplar, depois relaxei um pouco)
❌ fazer mudinhas novas das minhas plantas (fiz algumas pra amigas, mas poderia ter cuidado melhor das plantas)
❌ levar roupas pra doação
❌ limpar meus brincos, colares, etc.
❌ limpar maquiagens
❌ organizar fotos dos álbuns
❌ organizar arquivos no computador e atualizar backups
❌ editar os vídeos de viagem da Ásia
❌ escrever na capa dos caderninhos que usaremos para os votos do casamento
❌ aprender a cozinhar coisas novas
❌ fazer exercício físico (HAHAHAHAHA EU ACHEI MESMO QUE IA CONSEGUIR?)
❌ fazer um fotolivro com fotos das gatinhas pequenininhas
❌ editar um videozinho das gatinhas pra guardar de lembrança
❌ escrever posts sobre viagens que ainda não escrevi
❌ ler livros que ganhei em 2019 que ainda não li
❌ praticar piano


Enfim, deve ter muito mais coisa que deixei de fazer. Me dá um sentimento de "porra Bárbara, cê não fez nada, caralho?!", mas ao mesmo tempo, visto que estamos passando por uma pandemia mundial, tenho que me considerar sortuda por ter um teto, um emprego, uma família saudável e principalmente a saúde mental intacta! Cancelamos viagens, casamento, rolaram algumas lágrimas, mas no fim do dia, estou bem. Ainda não 100% pronta pra voltar ao normal - seja lá o que esse normal signifique, mas não dá pra lutar contra a maré.

Web Analytics

@barbaridades__

Back to Top