Em busca da cútis perfeita

/

Eu sempre travei uma batalha contra a minha pele. Não tive a sorte dos deuses da pele perfeita e passei a adolescência com muitas espinhas. Na vida adulta, apesar da maioria das espinhas ter dado um tempo, a pele oleosa continuou existindo, até o momento em que as espinhas começaram a voltar. Tentei diversos tratamentos, cremes e sabonetes e só o Roacutan deu jeito no meu rosto - até a página dois. Porque apesar de ter melhorado muito, já faz mais ou menos um ano e meio que parei de tomar o remédio e ainda tenho algumas espinhas.

De todo modo, eu gosto de cuidar da pele, não só porque me sinto bem fazendo isso, mas também porque um outro "fantasma" começa a bater na porta: a idade. Se até agora os meus problemas foram acne, sei que daqui a uns anos as rugas e linhas de expressão chegarão com tudo. Não tenho problema com envelhecer nem com rugas, mas não quero parecer mais velha do que a minha real idade, sabe? Então tudo bem ter marcas, linhas de expressão (que afinal refletem uma vida bem vivida!), mas não queria estar com cara de cansada quando ainda sou muito nova.

Essas coisas são muito de gosto da pessoa mesmo, tem gente que não liga e vive bem assim, tem gente que até cirurgia e botox faz. Seja lá o que for, essa rotina de cuidar bem da pele do rosto acaba sendo que uma terapia pra mim, já que em termos de cuidados pessoais, tenho preguiça de exercícios físicos e outras coisas, então além das unhas, que é uma coisa que faço há quase duas décadas, a pele é o que me resta.

Já usei todo tipo de sabonete pra pele oleosa que você possa imaginar e pra ser bem sincera, nenhum faz grandes milagres não. Porque oleosidade vem de dentro, dos seus hormônios, alimentação, ingestão de água, etc, etc, etc, então por mais caro/incrível/maravilhoso que um produto seja, ele não vai fazer O milagre na sua pele. Eu briguei muito com isso por uns bons anos, até começar a aceitar, no ano passado, que milagre nenhum será feito e que já que o milagre não acontecerá, vou me divertindo testando marcas e coisas diferentes.

Atualmente os meus cuidados se baseiam em dicas que leio em blogs (acompanho alguns canais no youtube também, sempre de blogueiras que já acompanho há anos, como a Marina Smith, Chata de Galocha ou Niina Secrets). Essas dicas passam por um filtro, claro, afinal de contas, muitas vezes os produtos indicados na verdade são só merchan, além é claro de sempre rolar muita ostentação na internet. Tenho aprendido a separar o que é legal de ver os outros usando mas não querer aquilo pra mim...

Eu lavo o rosto duas vezes por dia: uma de manhã e uma à noite, no banho. Depois, passo um exfoliante químico e hidratante, mas aí algumas coisas mudam em momentos diferentes do dia.



Rotina da manhã


Até umas semanas atrás eu tava usando um sabonete da Lush, mas não achei grandes coisas não. Uma barra me custou uns 6 euros e durou meeeeses, só usei até o final porque não queria gastar comprando outro, mas não amei e acho que não recomprarei. Há um tempinho estou usando o [2] Visible Difference Oil-Free Cleanser da Elizabeth Arden e por enquanto, gostei, mas não amei. Ele é bem geladinho e refresca a pele, mas não sei dizer se segurou mais a oleosidade.

Depois passo o tônico exfoliante, que é o [3] Glow Tonic da marca Pixi. Esse é um queridinho de várias blogueiras gringas e eu estou usando desde julho do ano passado e já cheguei a comprar outro frasco. Ele não tem álcool então não sinto a pele repuxando, sabe? Limpa bem, refresca, mas não faz milagre.

Na sequência venho com um hidratante - tenho dois: um da [5] La Roche Posay, que é o Effaclar Duo. Esse em específico tem cor, então até funciona como uma base levinha, sabe? Se minha pele tá muito feia e com marquinhas, uso ele, já que tenho preguiça de usar base no dia-a-dia pra ir trabalhar. Se não uso esse, passo o [7] Pure-fect Skin da Biotherm, que é um hidratante beeem levinho e a embalagem dele é super lindinha, gosto!

Aí espero dar uma secadinha e finalizo com protetor solar. No Brasil eu usava um da marca Roc, mas já testei um da La Roche Posay também e não gostei, achei muito oleoso. O que me salvou foi esse [10] Bioré UV Aqua, que na verdade é asiático e eu só acho no Ebay, risos. Aparentemente os protetores solares asiáticos são muito bons pra pele oleosa, e ó, mesmo eu usando todo dia, até pra quando fico em casa, um frasquinho dura meses e meses.

Rotina da noite


À noite eu começo tirando a maquiagem dos olhos com algum demaquilante (que esqueci de colocar na montagem). Aí passo o [1] Amazing Face Moringa Cleansing Balm da Emma Hardie, uma dica que vi no site da Dri Everywhere. Mano, que negócio gostoso! Ele é um óleo em versão sólida, parece um creme - mas se a temperatura ambiente está alta, ele fica mais derretido, mais óleo mesmo.

Ele serve pra limpar a pele, e limpa bem MESMO. Eu pego um pouquinho, molho as mãos, dou uma esfregada pra ele derreter nas mãos mesmo e esfrego no rosto, vou massageando, tranquilo. Aí venho com um paninho (que veio junto na caixa) e retiro o óleo da cara com ele. A pele fica muito limpa, uma delícia, macia e cheirosa. Não foi barato, mas eu comprei um pote em junho do ano passado e ainda tenho muito produto.

Aí no banho lavo o rosto com o mesmo que uso pra lavar de manhã.

Depois, passo um tônico, mas dessa vez um mais potente, que no caso é esse da marca [4] Peter Thomas Roth chamado Glycolic Acid 10% Toning Complex. Ele é beeem forte, então no começo a pele arde e não se recomenda usar sempre no começo pra pele acostumar. Eu uso todo dia e mesmo assim o produto tem durado muitoooo, é um frasco grande e acho que compensa muito!

Aí mais um passo: sérum. Isso é uma coisa nova na minha rotina, mas tenho lido e pesquisado sobre os benefícios desse tipo de coisa na pele e parece bacana. Mal não vai fazer, né? hahaha. Aí pingo umas gotas na mão e vou colocando no rosto dando umas batidinhas. Esse que tô usando é da [8] Paula's Choice e já estou no meu segundo tubinho - infelizmente ele não é tão grande, então acaba meio rápido (o meu primeiro durou uns 4 meses).

Quando o sérum seca passo o hidratante, que tenho intercalado entre o [6] Normaderm da Vichy e o [9] Retinol Correction Night Care da Roc. O da Vichy deixa a pele como uma seda, dá vontade de ficar passando a mão no rosto pra sempre. Já o da Roc é mais levinho e deixa a pele mais sequinha, quando acordo de manhã não tem quase nada de oleosidade!

Ah, já ia esquecendo de uma coisa, que também é recente na minha rotina: resolvi começar a usar um creme pra área dos olhos. Eu vivia dizendo que após os 30 começaria a fazer isso, mas por que esperar os 30? Sendo assim, comecei a usar um da Kiehl's, que é uma marca que sempre quis testar. O [11] Eye Creamy Treatment contém abacate em sua composição, então ele é beeeeem hidratante - tanto é que nem arrisco usar isso de manhã porque a pele ficará com aspecto melecado. No entanto, adoro passar ele à noite e sentir que a região dos olhos estará hidratada e pronta pra ser esticada quando mexo os músculos do rosto e assim, prevenir um pouco as tais rugas...

Sei que parece muito, mas não é. E como a maioria dessas coisas dura bastante, mesmo eu usando todo dia, eu acabo comprando a maioria somente duas vezes por ano, o que acho um bom custo-benefício. :)
Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top