O que não falta aqui é castelo

/

Esse ano eu e o R. completamos 5 anos de namoro. Cinco anos! Apesar de não ter sido proposital, nossa grande viagem pra Ásia calhou de ser na mesma época do nosso aniversário de namoro, então meio que deixamos isso como a comemoração.

Mas na verdade nós voltamos pra Dublin um mês antes da ''data oficial'', então resolvemos fazer alguma coisa pra não passar a data em branco. Pensamos em sair pra jantar, mas depois resolvemos passar um dia fora no interior, fazia meses que não íamos pra nenhum lugar diferente na Irlanda e achamos um hotel superbacana em Carlow por um preço bem ok e lá fomos nós.

O hotel em si foi super legal, e depois de aproveitar bastante, quando fizemos o check out no outro dia seguimos pra um castelo que fica ali na região. Aliás, reservamos esse hotel especificamente justamente porque poderíamos conhecer o castelo no dia seguinte!

Em termos de distância de Dublin, dá mais ou menos 1h e meia de carro e  o castelo se chama Huntington.

castelo de Huntington irlanda





Ao chegar no estacionamento do castelo compramos os ingressos para fazer o tour guiado no café mesmo - e como só começaria em torno de 1h, aproveitamos pra passear pelos jardins, vimos vários pássaros - até mesmo pavões! - e ovelhinhas fofas, caminhamos por entre as árvores, tiramos várias fotos no improviso (eu não tinha levado a câmera e não tinha nenhum tripé pro celular, mas a gente sempre dá um jeito) e quando deu a hora do tour, voltamos pra entrada do castelo.

Na verdade, o Hurtington Castle ainda é residência de uma família, então os horários de visita são bem restritos, mas é possível fazer o tour nos meses de verão tranquilamente - a entrada custa 9 euros.



castelo de Huntington irlanda




Mas tá, esse castelo foi construído em 1625 como um ponto estratégico importante entre Wexford e Dublin. Após uns 50 anos os soldados saíram de lá e a família começou a transformar o castelo/forte em uma casa mesmo. As próximas gerações iam sempre alterando/expandindo o castelo e por isso ele tem vários estilos de construção misturados e uma decoração bem distinta.

Nos anos 70 converteram o porão do castelo em um templo para a deusa egípcia Ísis - os filhos na época inventaram uma religião/culto que adora essa deusa e o divino feminino e lá em baixo você encontra várias estátuas, imagens e coisas referentes ao assunto, é super diferentão.

A família dona do castelo é a Esmonde, que se mudaram pra Irlanda originalmente em 1192 - o nome da família mudou ao longo do tempo por conta de heranças e casamentos, então atualmente eles são os Durdin Robertson. Vários membros dessa família são relativamente conhecidos pelas pessoas por terem conexões com figuras históricas da história da Irlanda - a guia foi citando alguns ao longo do tour e claro que euzinha não conhecia ninguém! rs

No momento são três gerações que moram no castelo e que organizam os tours, alugam o castelo para casamentos (eu quero! hahaha), chás da tarde, etc.

Estando na Irlanda é impossível não visitar castelos, e apesar de não ter nenhuma pretensão de conhecer todos eles, não deixo passar a oportunidade de visitar esses lugares históricos e tão lindos!






Web Analytics

@blog_barbaridades

Back to Top