Ainda dá tempo de postar em Outubro?

/

Sem querer, acabei deixando pra escrever um post por mês. Nem é porque cansei de blogs ou do meu próprio blog, pelo contrário! Continuo acompanhando alguns, e nesse mês de outubro o Barbaridades completou 9 anos. NOVE ANOS!

Nesse rolê de pandemia, lockdown, reabertura, mudanças no trabalho, mesmo tendo mais tempo livre, senti menos vontade de vir escrever. Continuo dando muito as caras no instagram, que apesar de ser uma rede social super criticada me traz muitos benefícios, mas confesso que por lá ser uma coisa mais rápida e interativa, acabo deixando o blog de lado.



Mas, como sempre digo, isso é um livro virtual de memórias, e faço questão de bater meu ponto aqui como um presente pra Bárbara do futuro.


E o que tem rolado nessas últimas semanas?


Bem, a Irlanda ficou em lockdown por um bom tempo e em agosto a minha escola reabriu pra aulas presenciais. No início eu tava me sentindo super insegura, chateada e preocupada - não só por estar mais exposta mas porque as aulas em si seriam bem diferentes. Passados quase três meses (11 semanas pra ser mais exata), a preocupação de me infectar diminuiu bastante - a escola só teve um caso de COVID confirmado que não espalhou nem nada - eu não tava muito feliz com as aulas. 


Temple Bar vazio no caminho pro trabalho / Um dia passeando no canal com uma amiga


Dar aula de inglês exige muita interação entre os alunos, e estar com máscara, distanciamento, sem poder mudar de lugar, afetou muito a qualidade da minha aula. Eu costumo caminhar bastante, monitorar o alunos, fazer atividades que exigem que eles levantem, se mexam, e tudo isso foi por água abaixo. Sendo assim, inevitavelmente as aulas ficaram mais chatas (pelo menos pra mim) e eu não sentia que tava fazendo um bom trabalho. 


No entanto, com a Irlanda entrando num segundo lockdown agora no fim de outubro, a escola voltou pras aulas online e lá vamos nós por 6 semanas. Muito difícil prever o que vai acontecer em dezembro, ou até mesmo no ano que vem - já tive redução de carga horária (e consequentemente salarial) e ninguém tá a salvo de ter mais corte de salário ou de até mesmo perder o emprego, mas não tenho pensado muito nisso por enquanto.


Conseguimos tirar umas férias em setembro e fomos pra Wicklow. Alugamos uma cabana no Airbnb e foi a melhor coisa poder aproveitar o restinho de verão enquanto era permitido passear, já que agora não rola mais - não só pelas restrições mas também pelo clima, que já está bem mais frio e escuro. Não tínhamos mais planos de viagem ou nada assim pro resto do ano, mas temos mais alguns dias de folga próximos do meu aniversário e uma semana antes do Natal até o começo de 2021.


Aliás, a ideia era ir ao Brasil para fazermos uma segunda comemoração do casamento (well, não tivemos nem a primeira!) e também pro aniversário da minha tia, mas decidimos que não é seguro ir agora. Sei que tem muita gente viajando - não só pela Europa como para o Brasil - mas nós não temos coragem de sentar num avião, chegar no Brasil, não fazer quarentena e encontrar os amigos e familiares. Com que cara, minha gente? Não é o momento. Aliás, ver as pessoas viajando a torto e a direito tem me incomodado um pouco - claro, porque eu também queria estar viajando, mas também porque acho que de uma insensibilidade tamanha a pessoa não conseguir sentar a bunda em casa. Mas não arrumei briga com ninguém e nem quero entrar no mérito dos motivos pessoais de cada um porque né... cada um com seus problemas.


Continuo fazendo minhas atividades e ainda por cima voltei a estudar espanhol, então tenho coisas "extra-curriculares" todos os dias da semana: aula de canto, irlandês, italiano, espanhol e agora também pilates, hahaha. Eu sei, parece muito, mas eu trabalho só meio período, né? Acho essencial pra minha saúde mental me manter ocupada assim, pois não fico lendo notícias nem perdendo tempo demais na internet.


Estou desanimada pro meu aniversário esse ano porque sei que não será possível fazer festa, mas tenho pouco mais de um mês pra me preparar pra isso, então vamos fazer uma limonada com os limões que a vida me deu, né?


Enfim, espero voltar ainda esse mês pra falar mais sobre estudar espanhol e sobre outras coisas que tem disparado meu interesse, além de talvez uma wishlist marota? Vejamos.


Aventuras com as gatinhas em casa
Web Analytics

@barbaridades__

Back to Top